ENTENDA AS DECISÕES DE PAULA EM RELAÇÃO ÀS BANDEIRAS

Essa situação das bandeiras está confusa.

Se já estava confuso, ontem sábado (11) ficou ainda mais.

Na quarta-feira, a prefeita Paula disse ao Amigos, em entrevista, que não hesitaria em decretar lockdown em Pelotas, a pior classificação do Plano de Controle de Distanciamento de contágio do novo coronavírus no RS, se os números, crescentes na cidade, piorarem muito.

Ao aceitar dias antes a bandeira vermelha sem recorrer, disse que estava sem argumentos para recorrer.

Já ontem, sábado, anunciou em vídeo que pretende recorrer para ter bandeira laranja, voltando atrás do aceite da bandeira vermelha, que fechou o comércio e serviços não essenciais.

Hoje, domingo, a Vigilância Epidemiológica registrou o maior número de infectados, 33.

Muita gente não entendeu por que a prefeita, na mesma semana, acenou com bandeira preta e, em seguida, com laranja, já que ela anunciara que pretendia manter Pelotas por 15 dias em bandeira vermelha.

A explicação, oficial ao menos, é esta:

Pelo Plano do governo do estado, que define as bandeiras e as restrições de cada uma, o prefeito que não recorre de uma bandeira por duas semanas seguidas, como Paula pretendia fazer, mantendo a vermelha por 15 dias, perde direito de recorrer na terceira semana. Fosse assim, Pelotas teria, forçosamente, de ficar mais uma semana na mesma bandeira, o que daria 21 dias seguidos de bandeira vermelha em Pelotas, com o comércio e os serviços não essenciais fechados por essas três semanas, como determina a bandeira.

Paula não sabia da regra. Quando soube, ontem (sábado), decidiu recorrer para bandeira laranja neste domingo (12), final da primeira semana de vermelho. 

Aparentemente, será um recurso pró-forma, como se diz, só para constar que recorreu, apenas para poder ter DIREITO DE RECORRER PARA VALER NO PRÓXIMO DOMINGO (19), com chance de reverter a bandeira para laranja, o que não seria possível se não recorresse neste domingo (12).

Mas o quadro anda tão imprevisível, que eu não duvidaria que a bandeira mude pra laranja já nesta segunda (13).

Rubens Spanier Amador é jornalista e editor do Amigos de Pelotas.

1 thought on “ENTENDA AS DECISÕES DE PAULA EM RELAÇÃO ÀS BANDEIRAS

  1. Bom diaaaa! É o problema que eles já não tem mais o que inventarem para manter a população ‘sob cárcere’.Eles o governo sabe que a PF vai baixar para o estado… Além de essas bandeiras que gostaria de saber qual o inteligente que inventou. E outra o Presidente aprovou uma Lei em todo território nacional que desobriga o uso de máscaras e multa.Decreto lei esdrúxulos, a prefeita deve de saber que não é para ser obedecido, a não ser que ela esteja se sentindo protegida pelo STF.

Obrigado por participar. Comentários podem ter a redação moderada.