Auxílio Emergencial indevido de 600 foi pago em Pelotas

Escute a notícia

O site recebeu o que seria uma denúncia de irregularidade de uma pessoa. Não era, mas vale o alerta.

Corre nas redes um print, somado a mensagens anexas, dizendo que o produtor cultural pelotense Cauê Fuhro Souto Martins teria recebido indevidamente o benefício de R$ 600 do auxílio emergencial do governo federal, por conta da pandemia.

Procuramos por ele, para informar do ocorrido e pedir se poderia comentar.

Cauê agradeceu pelo contato e explicou:

“Meu telefone, mês retrasado, foi clonado. Fiquei três ou quatro dias sem whats e instagram. Casualmente, quando vi que havia recebido uma transferência de 600 reais, fui ver e era sobre a questão do auxílio emergencial. Peguei então o valor e procurei meu banco, onde me orientaram a entrar no site da Caixa Econômica Federal. Emiti uma guia e devolvi o valor. Não fui eu que me inscrevi para receber esse benefício”.

Cauê disse que soube de várias pessoas, em Pelotas, que receberam indevidamente o valor do auxílio.

“Aconteceu, por exemplo, com um sobrinho de um amigo meu. Tem gente que nem se dá conta do depósito. Casualmente, eu vi, porque fui clonado de fato. Procurei o banco e devolvi, porque não me dizia respeito”.

2 thoughts on “Auxílio Emergencial indevido de 600 foi pago em Pelotas

  1. Parabéns ao menino, vem fazendo um trabalho belo e nos deixa feliz uma pessoa que responde imediatamente as perguntas. Parabéns

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.