HALLAL DEFENDE LOCKDOWN PARA PELOTAS

Última atualização: 17h08 de 17/07 |

O reitor Pedro Hallal, da UFPel, à frente de pesquisa sobre incidência da covid-19 no RS e no Brasil, defende lockdown para todos os lugares do estado onde os números estejam subindo, inclusive Pelotas.

Mais cedo, Pedro, que é doutor em Epidemiologia, deu entrevista à Rádio gaucha defendendo a medida para Caxias. “Defendo um lockdown forte para a região de Caxias”

O site perguntou a Hallal se essa posição valeria para Pelotas também.

Ele respondeu “SIM”.

“Para todos os lugares onde estão subindo”.

Qual modelo de lockdown o senhor fala?

“Lockdown é fechar tudo, inclusive atividades essenciais, deixando liberadas somente as MUITO essenciais”

PUBLICIDADE

O que e lockdown

É a versão mais rígida do distanciamento social, bloqueio total.

No cenário pandêmico, essa medida é a mais rigorosa a ser tomada e serve para desacelerar a propagação, quando as medidas de isolamento e de quarentena não são suficientes e os casos aumentam diariamente.

O lockdown restringe a circulação da população em lugares públicos, permitindo apenas, e de forma limitada, para questões essenciais, como ir à farmácias, supermercados ou hospitais.

A medida busca achatar a curva de infectados e óbitos, e reduzir o fluxo de pacientes aos hospitais e evitar que o sistema de saúde entre em colapso.

PAULA: ‘SE FOR PRECISO, DECRETAREI LOCKDOWN’

Índice de isolamento social cai em Pelotas

HALLAL DEFENDE LOCKDOWN VIOLENTO PARA REGIÃO DE CAXIAS

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.