Marchezan veta partidas de futebol e Grenal do dia 22

O prefeito Nelson Marchezan, de Porto Alegre, anunciou na tarde desta sexta-feira (17) que manteve veto à realização de partidas de futebol na capital, o que impedirá a Grenal marcado para 22 deste mês, na retomada do Campeonato Gaúcho.

A decisão, segundo ele, decorre do aumento da taxa de ocupação de leitos de UTI da Capital, que supera, hoje, 90%.

“A medida leva em conta o aumento da taxa de contaminação por coronavírus. Apesar do acompanhamento técnico e de protocolos criados pela Federação Gaúcha de Futebol, o momento da pandemia na cidade não permite a realização de eventos desse porte”, diz postagem da conta oficial do prefeito no Twitter. “Seguiremos avaliando a situação e manteremos contato direto com a Federação Gaúcha de Futebol e os clubes com sede na capital para que todas as medidas a serem adotas sejam pensadas com base na segurança de toda a população de Porto Alegre”.

I governador Eduardo Leite (PSDB) autorizou o recomeço do Gauchão para 9 de julho, mas a realização das partidas depende de aval dos municípios.

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.