Tavares responde crítica de colega: “Se PSDB nos conceder vaga de vice na coligação, será o Roger Ney”

O Amigos procurou o vereador Fabrício Tavares, do PP, para que ele comentasse uma declaração do presidente do partido em Pelotas, vereador Roger Ney, de que Fabrício teria influenciado os pré-candidatos a vereador da sigla a endossarem uma carta-manifesto rompendo com a possibilidade de composição de uma chapa com o PSDB (com PP em vice) e apoiando candidatura própria, sugerindo o nome do ex-prefeito Adolfo Fetter Jr. como candidato progressista a prefeito da cidade em 2020.

Leia, abaixo, o que disse Tavares:

Fabrício Tavares

“Realmente esse manifesto dos pré-candidatos não tem valor jurídico, não é a decisão final! O que vale é o que for decidido na convenção do partido, que ocorrerá entre 31/08 e 16/09.

Mas os pré-candidatos, que irão buscar votos para o PP nas eleições, são os maiores interessados nessa questão e têm sim legitimidade para se reunir, discutir e expor sua posição em relação à eleição majoritária!!!

Presidente Roger Ney está equivocado ao pensar e declarar que eu sou o mentor desse movimento e que quero ser o Vice da Paula.

Já tive a honra de ser Vice-Prefeito da nossa cidade. Neste momento estou focado na minha reeleição e não posso passar mais quatro anos impedido legalmente de exercer a advocacia, que é a minha profissão, eis que Vice-Prefeito não pode advogar e vereador, sim.

Não entendo essa postura do Roger Ney, já declarei em reunião realizada dia 18/06, entre a Executiva do PP, Prefeita Paula e Presidente do PSDB, que o indicado para Vice é ele!

Mantenho a disposição de cumprir o acordo que fizemos: se o PSDB nos conceder a vaga de Vice na coligação, será o Roger Ney e está tudo resolvido!!!

No entanto, considero incoerente o Presidente ignorar a vontade da imensa maioria dos pré-candidatos a vereador do seu partido e ficar revoltado com a possibilidade de ter candidatura própria com um candidato experiente, com alta capacidade de gestão administrativa e política (Fetter Jr.)!

Sem desconhecer essa realidade, quero deixar claro que respeito muito a Prefeita Paula, fui líder do governo na Câmara por dois anos, continuarei apoiando o governo, porque tenho compromisso até o último dia do atual mandato!!

Por fim, quero ressaltar que é natural os pré-candidatos a vereador desejarem candidatura própria para Prefeito, pois ajuda a legenda e aumenta a possibilidade de fazer uma grande bancada no legislativo!!!

Além disso, também ajuda a campanha de cada candidato e viabiliza a captação de recursos do fundo eleitoral partidário! Até porque o PP gaúcho tem interesse na candidatura própria para Prefeito em Pelotas e porque deverá ter candidato a governador na próxima eleição!!!”

Roger Ney diz que carta de pré-candidatos a vereador não é posição do PP e não há rompimento com tucanos

Em carta-manifesto, 30 pré-candidatos a vereador indicam Fetter candidato a prefeito
 

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.