AP: “Pelotas tem 30 mil afetados por desemprego, 400 CNPJs encerrados e 30% de locações comerciais devolvidas”

Na nota que divulgou há pouco, A Aliança Pelotas, entidade empresarial, apresenta dados dos efeitos negativos da pandemia sobre a atividade econômica na cidade.

“Nos últimos quatro meses a cidade já registra 11 mil desempregados e cerca de 30 mil pessoas (famílias) atingidas diretamente pela falta de postos de trabalho.

Pelotas também contabiliza oficialmente 400 CNPJs encerrados e aproximadamente 30% de prédios comerciais, localizados no centro da cidade, devolvidos aos proprietários.

“Insistir na estratégia de restrições, sem explicar como as pessoas sustentarão suas famílias e manterão o seu equilíbrio psicológico, é uma decisão equivocada. Precisamos, sim, preservar a saúde da população – física, mental e financeiramente,” sustentou o coordenador Fernandes”.

Amadeu Fernandes, presidente da AP, e Ricardo Ferreira, membro da entidade. Ambos participam, junto com colega empresário Fabrício Iribarrem, do Comitê Municipal de Enfrentamento da Covid

1 thought on “AP: “Pelotas tem 30 mil afetados por desemprego, 400 CNPJs encerrados e 30% de locações comerciais devolvidas”

  1. É incompreensível que as forças públicas, polícia civil, BM e GM, tenham que ir às ruas para F i s c a l i z a r, o uso de máscaras pela população. Isso é vergonhoso. Acontece em todo o mundo, sabemos, mas é i n a c e i t a v e l. As forças públicas tem outra função, não é fiscalizar a falta de consciência e educação de nosso povo. Penso que só daqui há 2/ 3 gerações é que, talvez, possamos ter mais gente educada e respeitosa aos seus semelhantes e cidadãos.

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.