Homem escala parede de hospital para se despedir da mãe

A história de Jihad Al-Suwaiti ganhou o mundo.

Na última semana, o palestino de 30 anos foi fotografado escalando as paredes externas de um hospital na cidade de Hebron, na Cisjordânia, para poder acompanhar a mãe, hospitalizada com o novo coronavírus.

Nas fotografias, Al-Suwaiti é visto sentado do lado de fora de uma janela, olhando para as dependências da UTI do hospital.

Segundo o canal AJ+, da rede Al Jazeera, a mulher não resistiu: Rasmi Suwaiti tinha 73 anos e lutava contra uma leucemia quando foi diagnosticada com a covid-19. Cinco dias após ser hospitalizada, ela faleceu.

O gesto do palestino valeu reconhecimento. No Twitter, o libanês Mohamad Safa, integrante de programas da ONU, deu destaque ao registro.

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.