HALLAL: “ACHO ATÉ UMA FALTA DE RESPEITO CONOSCO”

Em entrevista à Globo News, na tarde desta terça-feira (21), o reitor Pedro Hallal, da UFPel, lamentou a decisão do Ministério da Saúde de interromper a pesquisa sobre incidência da covid-19 no Brasil.

A pesquisa vinha sendo realizada pela Universidade, desde que Mandetta era o ministro.

O estudo é interrompido depois de três fases, em que, a cada rodada, pessoas foram entrevistadas em 133 cidades do Pais, 89.397 delas testadas.

“Acho até uma falta de respeito eu ser comunicado da suspensão da pesquisa pela mídia”.

As primeiras fases da pesquisa custaram R$ 12 milhões, valor que Hallal considera pequeno diante do benefício do estudo para o País.

Ele acrescenta que a Universidade tem buscado outros financiadores para continuar a pesquisa.

2 thoughts on “HALLAL: “ACHO ATÉ UMA FALTA DE RESPEITO CONOSCO”

  1. Este governo estapafúrdio, está acabando com o Brasil, voltamos ao período militar, sem direitos, sem ciências, o que vale é a vontade do mandatário, somos fantoches!

  2. A este (des)governo federal não interessa a ciência; não lhe importa quantos mortos teremos… A UFPel está fazendo um excelente trabalho de pesquisa – isso incomoda quem não pensa e não quer que os outros pensem…

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.