“NÃO TENHA MEDO, GOVERNADOR”

Por Carlos Roberto Schwartsmann, médico e professor universitário

Quando fiz o julgamento de Hipócrates prometi para sociedade que tentaria salvar vidas.

No início da pandemia era favorável ao lockdown. O distanciamento social, apesar do decantado avanço da medicina, é a única pseudo-terapia comprovada para combater o vírus.

Carlos Roberto Schwartsmann

Com o passar do tempo mudei de opinião a ponto de tentar sensibilizá-lo governador. Eis os fatos: a tão criticada Suécia que não adotou a política do “Fecha tudo” é ainda hoje a 8º em número de mortes por 54/100.000. Estão com mais mortes: Bélgica (85), Inglaterra (66), Espanha (61), Itália (57). (Johns Hopkins)

Ficar em casa talvez também não seja uma boa opção, pois 66% dos que morreram no estado de NY estavam permanentemente em casa. Quase a metade dos americanos mortos nos EUA estavam em asilos (NY times) o mesmo ocorreu na Espanha e na Itália.

Na casa de repouso Pio Albergo Trivulzio em Milão morreram 190 idosos!

Tristemente e lamentavelmente, a Covid-19 mata os idosos com comorbidades.

Na Itália a idade média foi de 74 anos. Na Inglaterra, Itália e Espanha somente 5% tinham menos que 60 anos.

Nos primeiros 500 casos do RS, 80% tinham mais de 60 anos.

Também é discutível o achatamento da curva, pois não existiriam respiradores e UTI.

Caro Governador, em nenhum momento da história recente tivemos tantos leitos de UTI. A ocupação das mesmas sempre foi de 100% aqui no inverno. Grandes cirurgias eram suspensas, pois não tínhamos UTI’s disponíveis.

Mas se, desgraçadamente, houver a necessidade da “Escolha de Sofia” como aconteceu na Espanha e Itália, deixe isso a cargo dos médicos, pois nós que exercemos a medicina no Brasil conhecemos isto bem. Hoje a ideia é oferecer oxigênio para alguns, mas estamos retirando pão de muitos, principalmente crianças.

O Homo Sapiens foi dotado por Deus de uma imunidade natural: o grande inimigo do vírus.

Sem dúvida, a vacina criada pelo homem vem em seu próprio benefício! Mas ela ainda não chegou!

Proteja ao máximo o grupo de risco. Oriente para o distanciamento social e o uso da máscara.

O Governo não é responsável pela irresponsabilidade individual: cada um que cuide de si!!!

1 thought on ““NÃO TENHA MEDO, GOVERNADOR”

  1. Caros admiradores do Blog Amigos de Pelotas

    Concordo como Dr. Carlos Schwartsmann, o Carlinhos, nosso companheiro de juventude e que se tornou um brilhante profissional em Porto Alegre. Suas observações são oriundas de boa observação dos fenômenos que a Medicina se defronta. Lembro as palavras do Dr. Mario Rigatto que nosso corpo estava programado para viver 120 anos em boas condições de saúde. Fazia suas recomendações que influenciaram mudanças no entendimento de várias doenças.
    Assemelha-se o Carlinhos, nosso importante cirurgião ortopedista, em suas conclusões. O título de seu artigo é um desafio ao Governador que se assessora de pessoas que mais o deixam com medo, sofre influências políticas de sua vertente partidária que tem líderes complicados e comprometidos com a ética na política, se é que algum dia existiu tal virtude.
    Passam-se os dias e mais embasbacados numa sinuca de bico se encontram os máximos dirigentes. O receio de uma explosão de violência social de um povo submisso está contida pelo auxílio emergencial, mas a catástrofe do desemprego e dos inúmeros casos de suicídio, alguns sub notificados, diga-se de passagem, caem na conta do governo,
    O que se errou em abril, maio e junho, segue em julho. O governador está perdido e sem definição quanto a recuperação da economia. Falta gestão, e sem coragem, fica pior. Nos resta a desilusão.

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.