Bia Kicis, em desacordo com PR, não é mais vice-líder do governo

O presidente Jair Bolsonaro retirou a deputada Bia Kicis (PSL-DF) da função de vice-líder do governo no Congresso Nacional.

A decisão foi publicada em edição extra na noite dessa quarta-feira (22), no “Diário Oficial da União”.

Kicis é deputada federal de primeiro mandato e uma das principais aliadas do presidente no Congresso.

A mensagem não dá detalhes sobre o motivo da saída.

A decisão foi tomada um dia após a aprovação pela Câmara da proposta de emenda à Constituição (PEC 15/1), que torna permanente o Fundeb e teve voto contrário da deputada.

Pelo Twiiter, Bia Kicis disse que votou “de acordo com sua consciência”.

“Eu segui o exemplo do presidente Jair Bolsonaro, que quando foi parlamentar só votou de acordo com a consciência dele. Pra mim, ele é um modelo e continua sendo um modelo”, disse a deputada.

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.