Isolamento social pode ter poupado 118 mil vidas em um mês

Estudo inédito de professores de estatística da UFRRJ estima que o isolamento social pode ter poupado 118 mil vidas no Brasil em maio, informa o Globo. Os responsáveis tomaram por base dados de como a pandemia se comportou no país no período, a taxa de isolamento e diferenças regionais.

Segundo eles, a cada 1% de aumento no isolamento social havia uma redução na taxa de crescimento do vírus de até 37%.

“Fizemos uma equação estudando a transmissão do coronavírus. Com base nos dados de isolamento social que levam em conta o monitoramento por GPS de celulares, observamos como o vírus se espalhou nos estados brasileiros, com diversos graus de distanciamento. Assim, conseguimos ver como teria sido a pandemia sem isolamento social, obtendo um número projetado de casos e, aplicando a taxa de letalidade do modelo epidemiológico da Covid-19 Brasil, chegamos a algumas estimativas de mortes que foram evitadas”, explica o professor Caio Chain.

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.