Uma suposta guerra ideológica subterrânea na pandemia

Como se sabe, há quem veja uma guerra ideológica em curso na pandemia.

Errada ou certa, uma das interpretações correntes é essa:

“No Brasil, a pandemia foi uma oportunidade de a esquerda se reabilitar.

A esquerda trabalha para “minimizar os medos do indivíduo na sociedade”, então a campanha do isolamento contra a covid caiu como uma luva para eles.

Já a direita e suas ideias de liberdade dos indivíduos, de que dependam de si mesmos, contando basicamente consigo, sua própria conta, sem esperar pelo estado, ficam vulneráveis nesse momento”.

Segundo essa interpretação, o lockdown tornou-se um campo de batalha ideológico entre filosofia de direita e de esquerda.

Como as esquerdas no Brasil estavam por baixo, foram revalidadas nesse momento. Porque, no resto dos assuntos brasileiros, existe um sentimento pró-direita de acabar com o coitadismo, com o vitimismo social”.

Que achas?

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.