Vamos ver se entendi…

Vamos ver se entendi:

“Se precisa pagar uma conta de duzentos reais, hoje precisa de duas notas de cem, quatro de cinquenta, dez de vinte, vinte de dez, quarenta de cinco ou até cem notas de dois reais entre outras combinações. Com uma única nota de duzentos, poderá substituir todas essas operações.”

Boa.
Até aí acompanhei.
Com a calculadora do lado, mas acompanhei.

Agora, se precisa pagar uma conta de quinhentos reais, hoje precisa de cinco notas de cem, dez de cinquenta, vinte e cinco de vinte, cinquenta de dez, cem de cinco ou até 250 notas de dois reais entre outras combinações. Com uma única nota de R$ 500,00, poderá substituir todas essas operações.

Se a conta for de mil reais, hoje precisa de dez notas de cem, vinte de cinquenta, cinquenta de vinte, cem de dez, duzentas de cinco ou até quinhentas notas de dois reais entre outras combinações. Com uma única nota de mil, poderá substituir todas essas operações.

Por que não fazem logo uma nota de 7,3 trilhões, que é o PIB do Brasil, que aí uma única nota poderá substituir qualquer operação.

E a gente ainda homenageia o vira-lata caramelo – e em grande estilo.

Eduardo Affonso

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.