Câmara abre processo de impeachment de Marchezan

Da Gaúcha ZH:
Por 31 votos a quatro, os vereadores de Porto Alegre aprovaram abertura de um processo de impeachment contra o prefeito Nelson Marchezan. A decisão ocorre a 102 dias da eleição municipal, adiada para 15 de novembro em razão da pandemia de coronavírus.

A partir da decisão de hoje, será instaurada na Câmara Municipal uma comissão de três vereadores sorteados para avaliar o pedido de impedimento do prefeito, que emitirá posição favorável ou contrária ao impeachment e o colocará em votação. Diferentemente da abertura do processo, para o qual é necessária maioria simples, para depor o prefeito é preciso o voto de dois terços dos vereadores.

Embora a peça central do processo seja a utilização de R$ 2,4 milhões do Fundo Municipal de Saúde para pagamento de gastos com publicidade, pesaram as decisões do Executivo no enfrentamento à covid-19 e as relações do prefeito com a Câmara Municipal antes e, sobretudo, depois da pandemia.

Leia na íntegra – AQUI

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.