Connect with us

Pandemia

Prefeitura confirma: entra em bandeira vermelha nesta 3ª. Veja abaixo

Publicado

on

Da Prefeitura:

Pelotas entra em bandeira vermelha, do Distanciamento Controlado do Governo do Estado, a partir desta terça-feira (11), após o período de lockdown, que se encerra às 12h.

Conforme a divulgação definitiva da 14ª semana do modelo, com vigência entre os dias 11 e 17 de agosto, a região Sul está com risco alto para o novo coronavírus.

Segundo a prefeita Paula Mascarenhas, Pelotas aguarda o novo decreto estadual, que dá mais autonomia aos municípios e associações regionais, e que permite a formação de comitês técnicos regionais para avaliar a situação local.

“Como nesta rodada não houve recurso da Associação dos Municípios da Zona Sul (Azonasul), nós estamos em bandeira vermelha e não temos outra alternativa senão adotar os protocolos estaduais”, afirmou.

Como o decreto de bandeira vermelha prevê que o comércio só funcione de quarta-feira até sábado, na terça, após lockdown, o setor deve trabalhar apenas com sistema de tele-entrega, pegue e leve e drive thru. A partir de quarta, das 10h às 16h, poderá abrir as portas, respeitando o teto de ocupação de 25% dos trabalhadores.

Publicidade

O comércio de itens essenciais, em centro comercial e shoppings, além do de produtos alimentícios, como mercados, açougues, fruteiras e padarias, podem abrir as portas, desde que respeitem o teto de ocupação de 50% dos trabalhadores. Serviços de tele-entrega, pegue e leve e drive thru estão permitidos. Postos de gasolina também podem funcionar, com 75% dos trabalhadores.

Veja o que mais muda

* Restaurantes à la carte, prato feito e buffet sem autosserviço, no perímetro urbano, poderão funcionar com 50% dos trabalhadores e 25% da lotação, com atendimento somente de segunda a sexta-feira, das 10h às 16h, respeitando o teto de ocupação.

* Serviços de tele-entrega, pegue e leve e drive thru poderão funcionar normalmente.

* Estabelecimento de beira de estradas e rodovias podem funcionar com 50% dos trabalhadores.

* Lanchonetes e lancherias deverão atender com 50% dos trabalhadores.

* Hotéis e similares poderão ter 40% dos quartos ocupados. Os de beira de estradas e rodovias poderão ter até 75% dos quartos ocupados.

* Agropecuárias poderão trabalhar com 75% dos trabalhadores ou por teletrabalho.

Publicidade

* Indústrias poderão trabalhar com 75% dos trabalhadores ou por teletrabalho, exceto de extração de petróleo e minerais, onde fica permitido 25% do teto de ocupação. As de farmoquímicos e farmacêuticos poderão trabalhar com 100% dos trabalhadores.

* Casas noturnas, bares, pubs, teatros, cinemas e casas de espetáculos, bibliotecas, ateliês, atividades de organizações associativas ligadas à arte e à cultura, eventos em ambientes fechado ou aberto e serviços de faxina, cozinheiro, motorista, babás, jardineiros e similares seguem proibidos.

* Missas e serviços religiosos devem respeitar a presença limitada a 10% do público, com ocupação intercalada de assentos. Atendimento individualizado está permitido.

* Atrativos turísticos, museus, reparação e manutenção de objetos e equipamentos, lavanderias, serviços de higiene pessoal (estéticas e barbearias), pet shops, organizações sindicais, patronais, empresariais e profissionais, bem como atividades administrativas dos serviços sociais autônomos, imobiliárias, agência de turismo, serviços de auditoria, consultoria, engenharia, arquitetura e publicidade devem operar com 25% dos trabalhadores.

* Academias de ginástica, inclusive em clubes, e clubes sociais e esportivos poderão trabalhar com 25% dos trabalhadores e por atendimento individualizado de atletas profissionais e amadores (mínimo 16 m² por pessoa sem público).

* Bancos, lotéricas e serviços de advocacia e de contabilidade e serviços para edifícios, como limpeza e manutenção deverão respeitar o teto de ocupação de 50% dos trabalhadores.

* Serviços de vigilância, segurança e investigação operam com 75% dos trabalhadores.

Publicidade

* Funerárias e serviços de pesquisa científica e laboratórios envolvidos com a pandemia, bem como todos serviços essenciais, podem operar com 100% dos trabalhadores.

Publicidade
Clique para comentar

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor.

Brasil & Mundo

Covid-19: Brasil registra 22,1 milhões de casos e 615,6 mil mortes

Os estados com mais mortes são os seguintes: São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná e Rio Grande do Sul

Publicado

on

Dados do Ministério da Saúde divulgados neste domingo (5) apontam que o país registrou 4.884 novos diagnósticos de covid-19 em 24 horas.

O número eleva para 22.143.091 o número de pessoas infectadas pela doença desde o início da pandemia no país. Ontem (4), o painel de estatísticas marcava 22.138.247 casos acumulados.

Já as mortes pelo novo coronavírus ao longo da pandemia somam 615.636. Em 24 horas, as autoridades sanitárias notificaram 66 novos óbitos. Ontem, o painel de informações marcava 615.570 mortes acumuladas.

O balanço apontou ainda 164.902 pacientes em acompanhamento e 21.362.553 recuperados da doença.

Estados

Os estados com mais mortes são os seguintes: São Paulo (154.362), Rio de Janeiro (69.140), Minas Gerais (56.321), Paraná (40.809) e Rio Grande do Sul (36.203).

Já as unidades da Federação com menos óbitos são Acre (1.849), Amapá (2.004), Roraima (2.056), Tocantins (3.922) e Sergipe (6.047).

Publicidade
Continue Reading

Brasil & Mundo

Manifestantes marcham contra restrições da covid no noroeste da Europa

Restrições foram retomadas em meio a novo pico de infecções

Publicado

on

Dezenas de milhares de manifestantes marcharam por várias cidades no noroeste da Europa neste sábado (4) contra as restrições para conter o coronavírus, impostas em meio a um pico de infecções.

No mês passado, a Áustria se tornou o primeiro país da Europa Ocidental a retomar um lockdown, que deve durar 20 dias, e disse que tornaria a vacinação obrigatória a partir de fevereiro.

Alguns dos mais de 40 mil manifestantes em Viena carregaram cartazes dizendo: “Eu decidirei por mim mesmo”, “Torne a Áustria Grande Novamente” e “Novas Eleições” – um aceno à turbulência política que gerou três chanceleres em dois meses.

Na cidade de Utrecht, região central da Holanda, milhares de pessoas se manifestaram contra as restrições que começaram no último fim de semana.

Na capital financeira da Alemanha, Frankfurt, a polícia dispersou um protesto de centenas de pessoas por não utilizarem máscaras ou manter o distanciamento social, usando cassetetes e spray de pimenta, após os policiais serem atacados por um grupo de manifestantes.

Em Berlim, onde um novo governo deve ser empossado em alguns dias, pequenos grupos se reuniram para protestar, após uma manifestação maior ter sido proibida.

Publicidade
Continue Reading

Especial

Covid mata quatro pessoas e contamina 31 nas últimas 24 horas

Publicado

on

Quatro pessoas morreram e 31 foram contaminadas pela covid nas últimas 24 horas.

Três mulheres, 62, 67, 78, um homem de 71.

Pelotas chega a 1.256 mortes pela doença.

512 pessoas isoladas.

37 pessoas estão internadas, 40,7% de ocupação dos 91 leitos disponíveis.

14 em UTI, 35,9% de ocupação dos 39 leitos disponíveis.

Publicidade

23 em enfermaria, 44,2% de ocupação dos leitos disponíveis.

95,4% da população vacinável tomaram a primeira dose. 80,7%, tomaram a segunda dose; 44,1%, a terceira.

Continue Reading



Publicidade
Publicidade

Mais lidas em três dias