Pref. diz que infecção entre aposentados e estudantes permanece alta

Análise por perfil profissional, realizada semanalmente, aponta que, mesmo com a necessidade de isolamento social, grupos seguem se expondo ao vírus

A Vigilância EpidemiológicadaSecretaria de Saúde (SMS) divulgou, nesta segunda-feira (17), a oitava análise sobre o perfil profissional dos infectados por coronavírus em Pelotas. Conforme o levantamento, o número de estudantes e aposentados infectados pelo vírus segue aumentando.

Em uma semana, 40 idosos infectaram-se, seguindo em terceiro lugar no ranking de contaminação, atrás apenas dos profissionais de saúde e dos comerciários(as)/atendentes. Aposentados integram grande parte dos grupos de risco à doença, dentre eles os de “pessoas com mais de 60 anos” e os de “pessoas com histórico de doenças crônicas”, sendo necessário maior isolamento social deste público para evitar a contaminação.

Além deles, outro aumento que chama atenção da SMS é o dos estudantes infectados, os quais ocupam a quarta posição, com 104 casos confirmados nesta semana. Na área da construção civil, o número de contaminados passou de 32, na sétima análise, para 50 nesta, indo de 13ª para 9ª profissão com maior incidência de casos em sete dias.

Nesta rodada, “profissional do ramo alimentício”, “profissional da estética” e “dentista” foram incluídos na pesquisa, com 16, 12 e 11 casos, respectivamente. A separação de algumas profissões, que estavam agregadas a outros grupos, é realizada em cada análise, tendo em vista a progressão de contaminação. Profissionais da estética são todos aqueles ligados a funções como cabeleireiros, manicures e auxiliares de salão, enquanto profissionais do ramo alimentício são os que trabalham preparando alimentos, como cozinheiros, padeiros, confeiteiros, e no atendimento de lancherias, padarias e restaurantes.

As categorias “profissional do esporte”, “profissional da estética”, “dentista”, “psicólogo/psiquiatra”, “profissional portuário”, “profissional da tecnologia”, “profissional de comunicação”, “pesquisador”, “veterinário”, “músico” e “líder religioso” não representam, cada uma, 1% do total de casos de coronavírus no Município.

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.