Tucanos estariam entre 2 nomes para vice

Atualizado às 21h09 de 18/08 |

Cogitações, como não poderia ser diferente:

Tucanos de Pelotas devem anunciar até o fim desta semana útil, talvez na quinta-feira (20), quem será o escolhido do PSDB para vice na futura chapa com Paula Mascarenhas para a eleição deste ano à prefeitura.

Com a desistência de Alexandre Garcia, do PTB, sobraram oficialmente cinco pretendentes a vice de Paula: Roger Ney, do PP; Fábio Tedesco, do PL; Henrique Pires, do PSL; Antônio Brod, do Cidadania; e o atual vice, Idemar Barz, do PTB.

Conversei com diversas fontes e apurei isto abaixo:

Dos cinco, dois nomes estariam fora de saída, por motivos vários: Tedesco e Brod. Um deles: com poucos cargos, o PL e o Cidadania nunca tiveram protagonismo na gestão atual, não faz sentido passar a ter agora, porque – partidariamente – têm pouco a oferecer.

Como em pré-convenção, dia 8 de agosto passado, o PP escolheu, por 28 a 2, ter candidato próprio a prefeito, e indicando o nome do ex-prefeito Adolfo Fetter Jr. como futuro candidato, as pretensões do vereador e presidente do PP Pelotas Roger Ney a vice também estariam fora de cogitação, embora ele, pessoalmente, alimente essa possibilidade. 

Mesmo que os tucanos escolham Ney, procurando, assim, neutralizar a candidatura de Fetter, a informação, apurada pelo site, é de que a Executiva Estadual Progressista definiu taxativamente que o partido terá candidatura própria nos municípios gaúchos com mais de 100 mil habitantes, caso de Pelotas, portanto. 

Ao mesmo tempo, a maioria dos 46 progressistas pelotenses com direito a voto na convenção da sigla, marcada para começo de setembro, tenderiam a manter a mesma posição da pré-convenção, como orientou a Executiva Estadual do PP, pró-candidato próprio, e mais, pró-Fetter.

Sendo assim, Ney será voto vencido, não levará.

Assim, sobrariam dois nomes para vice de Paula: Pires e Barz. A conferir.

Conforme o Estatuto Progressista, na convenção do PP Pelotas, são 46 votos, 45 dos membros do diretório e 1 do vereador Fabrício Tavares. 

Tavares não é membro do diretório – porque recém entrou no PP e o diretório já havia sido eleito para mandato até o 2021. Mas, pelo estatuto, tem direito a voto na convenção, por ser vereador.

De acordo com o art. 31 do Estatuto, compõem a convenção municipal para escolha dos candidatos:

a) Os membros do Diretório Municipal;
b) Os representantes do Partido no Congresso Nacional e os Deputados Estaduais, com domicílio no Município;
c) Os Vereadores.

1 thought on “Tucanos estariam entre 2 nomes para vice

  1. Desde o inicio tenho afirmado que só esses dois nomes estariam nas cogitacoes da Prefeita. Agora a escolha é entre o querer e o poder. Certo?

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.