Bolsonaro baixa auxílio emergencial para R$ 300, mas pagará até fim do ano

O presidente Bolsonaro definiu o valor do coronavoucher (auxílio emergencial) em R$ 300, para estendê-lo até o fim do ano.

O auxílio de R$ 600 não será mais concedido.

Paulo Guedes defendia R$ 250. Bolsonaro aumentou em R$ 50.

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.