Pico da pandemia em Pelotas pode ter passado

O médico Lúcio Castagno tabulou dados sobre a pandemia em Pelotas, desde a primeira semana em que houve mortes por covid na cidade.

“Tabulei todos os boletins Covid da prefeitura, desde o primeiro óbito, em 20 de junho. Hoje, pela primeira vez, completamos uma semana com menos ‘novos casos’ que a semana anterior”.

Esta foi a primeira semana decrescente em número de infectados.

Lúcio, que compartilhou há pouco os dados com o Amigos, complementa:

“A diferença é pequena, mas pode indicar que o pico da epidemia ficou na semana anterior (10-16/agosto).

Se for assim, em Pelotas teremos atingido o pico três semanas depois do Rio Grande do Sul e 11 semanas depois do pico no País.

A ver como se comportará na próxima semana.

Para acompanhar a evolução da epidemia, novos casos diários são dados essenciais”. 

2 thoughts on “Pico da pandemia em Pelotas pode ter passado

  1. Acho q é mto cedo p tal afirmação..sexta teve dois boletins de mortes em Pelotas..um dizendo q tinha morrido 4 pessoas e mais tarde ou dizendo q morreram 2..estão 6 morrera na sexta dia 21.

  2. O problema é uma nova onda com um novo pico…todo o cuidado é pouco mas tem muita gente relaxando!!!!

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.