O Dia D do PP

Integrantes do PP que defendem candidatura própria a prefeito e o nome de Fetter Jr. reclamam que o presidente do PP, vereador Roger Ney (que, ao contrário, defende para o PP e si mesmo a vaga de vice de Paula Mascarenhas, do PSDB) marcou a convenção do progressista para um ponto distante, num bairro, em dia de semana (terça, 1º de setembro), no começo da noite.

Segundo eles, lugar, dia e hora são ruins para uma convenção, que tradicionalmente no PP ocorre aos domingos, de dia, em lugar mais acessível. Consideram que aquela marcação de Ney tem por objetivo dificultar e inibir a presença da totalidade dos 45 convencionais, prejudicar o quórum e afetar um resultado que poderia ser diferente se o quorum fosse completo.

Se foi uma tentativa naquele sentido, mais um motivo para os convencionais se organizarem para estar presentes. Não se poderá, depois, em caso de decisão pró-Ney, utilizar o argumento do lugar, dia e hora para justificar a derrota da candidatura própria com Fetter.

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.