Covid está em queda em Pelotas

Lúcio Castagno, médico

Tempus omnium sapientissimum.

Abaixo, uma continuação do acompanhamento da covid-19 em Pelotas, baseado nos dados diários do boletim da Prefeitura.

Nesses tempos tristes e difíceis, com um debate tão politizado e tóxico, até parece que alguns torcem pelo vírus e o caos.

Há semanas foi possível perceber que os novos casos e óbitos de covid-19 em Pelotas haviam atingido o pico e entrado em “estabilização” em meados de agosto (o que era muito importante).

Hoje, três semanas após, é possível identificar que a estabilização de então tem agora tendência de queda.

Bem diferente das estimativas que previam um agravamento no mês de setembro.

Certamente cuidados para evitar a transmissão continuam necessários, para não reverter essa boa tendência.

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.