Galho desaba e mata homem na praça da Catedral

Saí para uma caminhada às 16h. As 16h15, deparei na praça da Catedral com carros do Samu, dos Bombeiros e uma fita amarela isolando uma parte do local.

Um pouco antes, um pesado galho de árvore caiu sobre um homem e o matou. O corpo estava coberto por uma lona azul. Uma mulher que o acompanhava era socorrida, com suspeita de fraturas.

O homem, identificado como Jeferson Mengatto, de 55 anos, estava sentado com a amiga num banco da praça quando o galho desabou.

Foi uma fatalidade cruel: em frente de uma Igreja, no Dia de Finados.

Notei que a árvore estava coalhada de erva de passarinho. Essa erva corta o fluxo da seiva, sugando para si os nutrientes líquidos de que a árvore precisa, matando os galhos.

Pelotas tem mais de 100 praças e poucos jardineiros no quadro da prefeitura.

Segundo os bombeiros, o galho que se desprendeu da árvore pesava cerca de duas toneladas.

Erva de passarinho

4 thoughts on “Galho desaba e mata homem na praça da Catedral

  1. A prefeitura é no mínimo omissa em relação a prováveis situações que põe em risco os munícipes. A prefeitura foi por mim alertada através de denúncias que fiz, de risco que estou correndo em minha própria casa, Uma funcionária me aconselhou até mesmo a me mudar enquanto durar a obra ao lado da minha casa.Ela me disse “ a senhora vai e a obra fica”. Então…

  2. “Jardineiros”???
    Poucos “jardineiros???
    Bah!
    Pelotas não tem nenhum, NENHUM, arboricultor ou paisagista.
    Se tem, não cumpre com a função e não assume responsabilidade técnica.
    Aliás, Pelotas possui inúmeras (poucas) espécimes arbóreas jogadas ao léu…
    Triste!

  3. Esse galho podre e ameaçando pessoas é uma metáfora do que se tornou nossa cidade, do descaso com a zeladoria que enfrentamos nos últimos anos…

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.