PP resolveu se opor

Nesta reta final da campanha eleitoral, uma candidatura de oposição resolveu criticar mais duramente a atual administração, fazendo assim jus ao papel de opositor.

É o que vem ocorrendo com a candidatura Fetter/Brod (PP/Cidadania), ao ponto de provocar respostas da situação em seus programas.

Faz sentido. Afinal, lançar-se oposição e não se opor é uma inércia que sempre beneficia a candidatura do governo.

Será tarde?

Até aqui a eleição estava morna como mingau de idoso.

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.