Embaixador dos EUA responde bravata de Bolsonaro com vídeo de mariners

Nesta terça (10), Todd Chapman, embaixador dos EUA, publicou um vídeo da Marines (Corpo de fuzileiros navais dos EUA) nas redes sociais, depois de o presidente Jair Bolsonaro falar em ‘pólvora’ quando Joe Biden defendeu retaliações comerciais se o Brasil não apagar o fogo na Amazônia.

Bolsonaro disse que é preciso proteger a Amazônia e que se não der para resolver na diplomacia, “tem que ter pólvora”. 

O vídeo não chega a ser uma ameaça explícita. Mas soa como um recado ao Brasil, que não tem condições de confrontar a principal potência do mundo nem por cinco minutos.

Veja abaixo:

 

1 thought on “Embaixador dos EUA responde bravata de Bolsonaro com vídeo de mariners

  1. A mídia vem tentando empoçar o chefe de estado americano com sua eleição cercada de fraudes com o ‘Já ganhou’ em negrito. E agora usa um aviso dado pelo presidente Brasileiro que é nada mais e nada menos um aviso de que não somos um bando de índios com paus e pedras.
    O aviso está dado. Enéias tinha razão!
    AMAZÔNIA em risco! Se o Brasil não tivesse assinado acordos contra nuclearização e enriquecimento de urânio certamente hoje não estaríamos sendo ameaçados por forças estrangeiras!
    Soberania está na pauta.
    E não aguentariamos 5 minutos de combate ? Em nosso território? Você serviu aonde criatura? No Paraguai?

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.