Justiça manda Sizenando demitir ex-companheira

A Justiça determinou a exoneração de Carmen Lucia Sanches Machado do cargo de diretora-geral da Câmara de Vereadores.

Carmen considerou que a presença no cargo de Carmen, que é ex-companheira do presidente da Câmara, vereador José Sizenando (DEM), configura nepotismo.

Ela é mãe de dois filhos de Sizenando. Seu salário era de R$ 13,6 mil.

Sizenando acatou a determinação, mas não vê nepotismo . Ele alega que se separou da mulher há 12 anos.

Ele vai recorrer judicialmente da decisão.

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.