UFPel começa a construir calçadão na Alberto Rosa

Do site da UFPel: Uma iniciativa que promete transformar a convivência no Campus Porto da Universidade Federal de Pelotas começou a ser concretizada nesta semana: iniciaram as obras de implementação do calçadão na rua Alberto Rosa, entre Benjamin Constant e Almirante Tamandaré, em frente ao Centro de Ciências Humanas e Sociais (CCHS) e ao Centro de Pesquisa e Pós-Graduação em Humanidades (Cehus).

Fruto de uma parceria entre a UFPel e a Prefeitura de Pelotas, a ideia de dedicar espaços viários para uso de pedestres nas regiões universitárias vem sendo discutida desde 2015, quando um projeto básico foi elaborado, contemplando a área na qual ocorrerá a intervenção e outras, como a Faculdade de Direito. “É uma obra muito aguardada”, diz o pró-reitor de Planejamento e Desenvolvimento, Otávio Peres.

Ela está sendo executada com recursos próprios da Universidade e será realizada em conjunto com a qualificação de espaços dos cursos de Dança e Teatro, cujo prédio fica localizado na esquina das ruas Almirante Tamandaré e Alberto Rosa. A ideia é que a intervenção seja realizada nas próximas semanas, ainda no contexto da pandemia, para já estar pronta quando as atividades acadêmicas presenciais retornarem, em 2021. Em um segundo momento, será feita semelhantes intervenção em frente ao Centro de Artes.

O novo espaço surgirá a partir do nivelamento do leito carroçável da rua Alberto Rosa. Além do piso que aproveitará os paralelepípedos já existentes, em algumas áreas será aplicado um piso de concreto, que proporcionará uma melhor caminhabilidade e a possibilidade de realização de manifestações artísticas. Quando concluída a obra, não haverá mais trânsito na região, salvo acesso ao condomínio existente na esquina. Após a conclusão da implantação do calçadão pela empresa responsável pela obra, a equipe da Superintendência de Infraestrutura qualificará o espaço com a instalação de mobiliário e paisagismo.

O valor necessário para realização da obra, de cerca de R$ 190 mil, foi destinado por meio do Orçamento Participativo da UFPel, em eleição realizada em 2020, que decidiu que parte dos recursos disponíveis seriam destinados para melhorias nos espaços de convivência universitária. Além do calçadão, está sendo realizada uma qualificação de espaços no Campus Anglo. Também estão previstas obras no Campus Capão do Leão e no Centro de Engenharias.

Para a estudante do curso de Pedagogia da UFPel Juliana Berny, a construção do calçadão atende aos anseios antigos da comunidade universitária da região, pois sempre houve uma carência de espaços para a convivência. “O cenário dos prédios era, muitas vezes, composto por estudantes sentados no chão das calçadas”, conta. Juliana diz acreditar que a intervenção trará novas oportunidades de interação e até mesmo de aprendizado: “Principalmente no cenário pós-pandêmico, esse espaço irá colaborar para a manutenção e fortalecimento de vínculos”.

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.