Empresários de eventos visitam Leite em busca do retorno de atividades

Deputados estaduais e empresários estiveram reunidos com o governador Eduardo Leite, nesta segunda, 7, para discutir demandas do setor de eventos no Estado.

Levaram dados e sugestões de protocolos para serem adotados pelo Rio Grande do Sul após o período de maiores restrições determinado pelo governo – que se encerra dia 14 – para conter o contágio de coronavírus.

Leite disse:

“O decreto é um esforço para reduzir as interações agora, para não chegarmos ao período das festas de Natal e Ano-novo com muitas pessoas contaminadas e muitos encontros. Numa expectativa de que as festas de fim de ano não se transformem em uma bomba-relógio, como previsto por infectologistas”, iniciou dizendo o governador.

Mais:

“Por isso agimos com esse decreto, suspendendo temporariamente a cogestão do Distanciamento Controlado e fazendo com que os protocolos de bandeira vermelha se imponham. Assim, a partir do dia 15 (de dezembro), poderemos estabelecer novos protocolos para que eventos e encontros, mesmo bares e restaurantes, possam ter algum grau de relaxamento, tendo em vista que as pessoas querem e vão se encontrar e que tenhamos também menos impacto econômico”, afirmou o governador.

No encontro, deputados e empresários sugeriram, como forma de liberar o setor, protocolos de testagem em massa das pessoas antes de entrarem nas festas, além de redução do público e outras medidas sanitárias de prevenção.

Leite respondeu:

“Podem ter certeza que teremos uma análise célere para que, antes de acabar o prazo dos 14 dias do último decreto, em respeito às demandas trazidas aqui e para que possam ter o máximo de previsibilidade”.

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.