PAULA DECRETA FECHAMENTO DO COMÉRCIO PARA TENTAR FREAR PANDEMIA

A prefeita Paula anunciou agora, em live de urgência, que, como não está conseguindo ampliar leitos de UTI e ainda não há vacina (palavras dela), decidiu decretar o fechamento do comércio e dos serviços não essenciais na quinta-feira (10), a partir das 19h, até a terça-feira (15), 6h.

Banco e lotérica também não poderão abrir no período acima.

No domingo (13), supermercados não poderão abrir.

O decreto, segundo ela, está sendo redigido ainda, para será publicado nesta quarta-feira (9).

Ela disse também que está trabalhando para abrir mais 10 leitos de UTI. Hoje, os leitos de UTI nos hospitais estão lotados.

Ela agradeceu os profissionais de saúde e fez um apelo a eles: “Que nos ajudem a poder ampliar equipes”.

Agradeceu também as forças de segurança, que, segundo ela, vai continuar fazendo a fiscalização.

Paula disse que o aumento do contágio se deu pelos jovens, que, segundo ela, relaxaram as medidas de proteção quando os números mostravam uma queda. “Os jovens são os mais infectados e, embora seja o grupo menos atingido pela doença, disseminam o vírus a outras pessoas mais velhas”.

Momento mais difícil

A prefeita disse que “é o momento mais difícil vivido pelo município desde o começo da pandemia”.

Falou ainda:

“Para evitar que as pessoas adoeçam, precisem de leitos, e não encontrem é necessário que a população fique em casa nos próximos dias. É uma decisão difícil, ainda mais nesta época do ano, penso nas pessoas que precisam do seus emprego para sobreviver, estávamos conseguindo equilibrar a situação. Mas agora diante do quase colapso do serviço de saúde preciso restringir, pensando na saúde de todos”.

Poderão funcionar os seguintes serviços essenciais:

  • Fiscalização de trânsito
  • Postos, UPAs e UBSs
  • Forças de Segurança
  • Meios de comunicação, preferencialmente em teletrabalho
  • Caldeiras e secadores de grãos em indústrias
  • Indústrias de equipamentos médicos
  • Manutenção de urgência de telefonia e internet
  • Indústria da alimentação
  • Coleta de resíduos frigoríficos
  • Forças armadas
  • Atividades de vendas de produtos alimentícios
  • Farmácias e drogarias
  • Indústrias de medicamentos e serviços portuários, limitados a carga e descarga
  • Atividades de segurança material privada
  • Manutenção de servidores, banco de dados e datacenters
  • Hotelaria e atividades congêneres
  • Atividades de suportes a hospitais, postos de saúde, UBSs, UPAs, limitadas a exames, análises laboratoriais e serviços que não podem sofrer interrupção na área da saúde
  • Clínicas médicas e odontológicas, em regime de urgência e emergência
  • Postos de combustíveis
  • Distribuidoras de gás
  • Serviços públicos essenciais
  • Serviços de saúde e funerários
  • Guarda Municipal

17 thoughts on “PAULA DECRETA FECHAMENTO DO COMÉRCIO PARA TENTAR FREAR PANDEMIA

    1. Segundo a prefeitura, Construção civil é liberada para atividades urgentes. Por exemplo, se estas concretando alguma coisa, não é possível parar.

      1. Trabalharam normalmente desde sexta-feira dia 11/12 às 07:00 começaram a concretar apenas as 15:00 desta sexta-feira. No sábado dia 12/12 trabalharam como sempre pela manhã e pasme! Toda a tarde!
        Descumprem totalmente os dias e horários de trabalho definidos pela própria Porto 5 no Estudo de Impacto de Vizinhança protocolado na Secretaria de Gestão da Cidade e Mobilidade Urbana para aprovação do Projeto!

  1. Como fica as pessoas que aguardam médico da secretária de saúde,com suspeita de câncer,Não se consegui consultar em lugar nenhum,Só lembram do Covid e as outras doenças que tbm matam,vão esperar,acha que não vai precisar de hospital,uma uti.

  2. O grande desafio imposto pelo aumento do número de casos e a consequente pressão sobre o sistema de saúde não permitia outra decisão. A prefeitura agiu com responsabilidade e coragem. Os danos econômicos serão recuperados, para que isto ocorra é preciso que as pessoas estejam vivas. Era possível prever que isto aconteceria? Sim, era muito provável, especialmente considerando o comportamento irresponsável de parte da população. Por que não foram tomadas medidas anteriores? Não sei, mas este fenômeno tem acontecido em todo o Brasil e em outros países, como por exemplo a Espanha, que inclusive já restringiu os deslocamentos internos, impedindo o trânsito entre províncias, mesmo dentro da mesma comunidade autônoma.

  3. Para quem não entendeu ainda: é o virus que manda. Portugal fez TOQUE DE RECOLHER em Lisboa durante o dia. La não teve eleições.

    Simplesmente quando se libera mais (academias, creches, escolas, restaurantes e festas) aumenta o contagio. Precisa desenhar? Vai ser assim (aumenta / diminui ) ate termos uma vacina, que pelo jeito no Brasil vai demorar, dada a incompetência e burrice que impera em Brasília, tao agil com a Cloroquina(q nao serve para nada) e tao lerdo com a vacina.

  4. Acho que é interessante abrir os olhos e fazer comentários inteligentes. De olho fechado é melhor nao escrever e passar vergonha.
    Lotou tudo! Todas UTIs! Entendeu? Vou desenhar. Se tu ou teu familiar for um dos ” sorteados” vai faltar respirador e vai morrer. Entendeu?
    Meu pai foi internado faz 20 dias. Se nao tivesse respirador ele tinha morrido. Ja extubaram ele. Só na mascara de oxigenio agora. Recuperaçao muito lenta e dificil. Se liguem. Se cuidem!

  5. Mais do mesmo. É decepcionante a decisão da Prefeita, que demonstra ainda não ter feito uso de toda a sua aptidão intelectual ou que chegou ao limite dela. O fechamento do comércio e dos serviços essenciais no início da pandemia, quando todo o pais foi surpreendido por essa doença até então completamente desconhecida, poderia até se justificar, mas, com a experiência e o conhecimento adquiridos em quase dez meses, alternativas outras já deveriam ter sido pensadas e avaliadas. A grande maioria das pessoas têm consciência da gravidade da doença, mas, apesar de temerosas, não suportam mais essa situação. Precisam trabalhar e espairecer. Já as crianças, não deixa de ser um castigo impedi-las de frequentar as áreas de recreação à céu aberto, visto que isso é indispensável para o seu crescimento e para a sua saúde mental. Por fim, entendo que até o uso de máscaras ao ar livre já deveria ter sido repensado, restaurando-se assim a função natural e primordial das vias respiratórias, as quais, através dos movimentos de inspiração e de expiração, fazem a troca do gás carbônico pelo oxigênio no corpo humano. A Prefeita, portanto, está em débito com a população.

  6. Acho que essa situação foi gerada pela política e não pelos jovens
    Todos assistiram as aglomerações durante o período de eleições

    1. Agora ti disse tudo! Os jovens tão teimosos……tão, mas o q foi essas eleições gente amontoados, sem máscaras e tudo mais. Porque não deixaram pra mais adiante , q necessidade tinham de fazer essa bagaça de eleição, eu não votei nem primeiro nem segundo turno, posso até vir a testar positivo do covid mas garanto não foi nas aglomerações das eleições e bem indo votar eu preferi pagar com o maior gosto e prazer esses R$3,51 de multa de cada turno!!!! Pronto falei……

  7. Voltou a “palhaçada”, até as eleições não havia mais coronavírus, inclusive a prefeita, às vésperas da eleição, declarou que não haveria mais “fechamento”,. E tá provado, se fechamento resolvesse a Argentina estaria livre do coronavírus, pois na Argentina está em quarentena nacional e obrigatória desde 20 de março de 2020, e está em 5º lugar no ranking dos países mais afetados do mundo, passando o Brasil. então essa “estória” de fechar para sustar ou amenizar a contaminação pra min tem mais é conotação política e de querer quebrar o comércio e a indústria e acabar com os empregos.

  8. Sobre o fechamento do comércio e serviços inclui a construção civil? Porque funcionou sempre durante a pandemia! O que diz o secretário Jacques Adolphe Reydams?

  9. Acredito que a Prefeita Paula esta certíssima com este decreto, pois se a população não obedece as ordens dadas , tem que fechar tudo …

    1. É fácil passar a culpa para a população, dizer que os jovens voltaram a se aglomerar quando o contágio e as internações estava reduzido é patético. A culpa do aumento dos casos é da prefeitura que fez da campanha política um carnaval e aglomerado nunca visto antes. Ademais, os ônibus continuam lotados e os profissionais da assistência social e demais funcionários públicos não estão sendo testados, disseminando o vírus.
      Medidas restritivas e ditatoriais somente causam maior aglomeração a posteriori, o que deveria ser feito não é feito.

    2. Concordo com o comentário da Norma Regina, tem que fechar mesmo, A prefeita tá certíssima, em cortar a crista do Papagaio da Havan.

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.