Dono da Havan: “Só quero trabalhar, mas em Pelotas isso é caso de polícia”

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.