“Manifestação de empresário (Hang, da Havan) foi um ato quase criminoso”

Prefeita Paula comentou o protesto em frente da prefeitura nesta sexta-feira, 11:

“Infelizmente, um empresário hoje (Luciano Hang, da Havan) chamou seus funcionários para uma manifestação em frente da prefeitura, com aglomeração de pessoas, o que considero um ato quase criminoso, porque vai impactar na expansão do contágio”.

2 thoughts on ““Manifestação de empresário (Hang, da Havan) foi um ato quase criminoso”

  1. Decreto não é ato democratico!! Cade a consulta popular!!! O comercio tem que expandir o horário e não restringir!!!
    Obrigado.

    1. Pois é, Radamés. Mas a çiênssia dos demo-cráticos ditadores não conhece a matemática das proporções. Nada diferente do guru, o coveiro paulistano que proibiu circulação de carros e diminuiu a circulação de ônibus, trens e metrô. O importante não é ser racional, mas mostrar que tem poder.

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.