Connect with us

Pandemia

PELOTAS CLASSIFICADA EM BANDEIRA PRETA. PAULA VAI RECORRER

Publicado

on

A prefeita escreveu no face:

Pelotas foi classificada com Bandeira Preta conforme o Modelo de Distanciamento Controlado do Governo do Estado. Nós vamos recorrer dessa decisão em respeito aos comerciantes que aderiram ao nosso decreto e a todos os pelotenses. Mas pedimos que todos se protejam e tenham empatia com as famílias que perderam seus entes para o coronavírus. Somente juntos vamos conseguir vencer este grande desafio.

Paula recorrerá da bandeira preta, argumentando que, na próxima semana, serão abertos mais 10 leitos de UTI, no hospital Santa Casa de Misericórdia.

“Eu sei que os empresários estão pressionados, precisam cumprir os seus compromissos. Eu entendo tudo isso. Mas nada me toca mais do que uma mãe que perde o seu filho, do que uma esposa que perde o seu marido, do que filhos que perdem os seus pais. A gente precisa se unir. Em nome da saúde, em nome da vida das pessoas e também em nome da economia. Vamos fazer, cada um de nós, a sua parte. Vamos nos unir, vamos trabalhar juntos. E vamos vencer juntos também o coronavírus”, disse a prefeita.

O resultado do recurso sairá na próxima segunda (14) em divulgação do governo do Estado. A vigência da próxima bandeira será de terça-feira (15) a segunda-feira (21).

***

BANDEIRA PRETA

A constante redução de leitos de UTI livres e o aumento de casos de contágio e de internação por coronavírus resultaram na primeira identificação de risco epidemiológico altíssimo desde que o modelo do Distanciamento Controlado foi implementado, em maio.

Publicidade

As regiões de Bagé e de Pelotas foram classificadas, nesta sexta-feira (11/12), na bandeira final preta no mapa preliminar da 32ª rodada.

Das outras 19 regiões, apenas Cruz Alta recebeu classificação final de bandeira laranja (risco epidemiológico médio). As outras 18 estão na bandeira vermelha (risco epidemiológico alto).

A bandeira preta é a restrição máxima prevista pelo modelo de Distanciamento Controlado, e significa que tanto a capacidade hospitalar como o contágio por coronavírus alcançaram níveis críticos na região. Vale lembrar que bandeira preta não é o mesmo que lockdown.

Caso a classificação para risco altíssimo se mantenha no mapa definitivo, a ser divulgado na segunda-feira (14/12), as restrições mais rígidas serão aplicadas nas regiões de Bagé e de Pelotas a partir da terça-feira (15/12).

• Clique aqui e acesse os protocolos de bandeira preta.

Veja a classificação prévia da 32ª rodada em https://distanciamentocontrolado.rs.gov.br

Segundo o governo do estado, “o momento é de extremo alerta: o Rio Grande do Sul observou aumento em quase todos os indicadores monitorados pela equipe do Distanciamento Controlado. Houve elevação, nos últimos sete dias, de 14% nas hospitalizações por Covid-19 (de 1.174 para 1.338 casos), que alcançou o maior número desde o início do monitoramento”.

“Também é o número mais elevado de pacientes em UTI, em leitos clínicos e de óbitos. As mortes cresceram 15% nesta semana, chegando a 409 registros. Como resultado, há o menor número de leitos livres (407) no Estado, bem como a menor razão de leitos livres para cada ocupado (0,44), que baixou de 0,5 também pela primeira vez. Por isso, o governo do Estado reforça a necessidade de a população seguir os protocolos e as regras sanitárias estabelecidas pelo modelo”.

Publicidade

“Até as 6h de domingo (13/12), municípios e associações podem enviar pedidos de reconsideração ao mapa preliminar para o governo por meio do formulário https://forms.gle/amfsky7ZjRLDdk1G8. Depois de analisados pelo Gabinete de Crise na segunda-feira (14/12), o governo do Estado divulgará as bandeiras definitivas, vigentes de 15 a 21 de dezembro”.

MUDANÇA DE BANDEIRAS

Macrorregião Sul: de vermelha para preta

Em bandeira preta no mapa preliminar desta 32ª rodada, as regiões de Bagé e Pelotas (Macrorregião Sul), que compreendem 28 municípios com 9,3% da população gaúcha, foram classificadas em risco altíssimo devido ao agravamento de importantes indicadores do Distanciamento Controlado.

Em relação ao número de óbitos, Pelotas é a mais expressiva, registrando 41 mortes confirmadas por Covid-19 nesta semana, quase o dobro se comparado com a semana passada (23 óbitos). Bagé registrou mais 10 mortes nesta semana, o mesmo indicador da rodada anterior, contudo, quintuplicou os registros na comparação com a semana retrasada, quando houve duas mortes.

Desde a 26ª semana do Distanciamento Controlado, a região de Pelotas apresenta aumento nas hospitalizações de confirmados da doença. Enquanto na 26ª rodada foram 22 registros, na atual, são 87. De forma similar, Bagé apresenta aumento desde a 28ª semana, quando houve cinco hospitalizações – nesta, foram 23.

A macrorregião Sul registrou também aumento em termos de ocupação de leitos de UTI, tanto para casos de Covid-19 (de 38 para 50) como por síndrome respiratória aguda grave (SRAG), de 54 para 74.

Com isso, houve redução de 50% na oferta de leitos livres para tratamento intensivo na região, que agora está com 15 unidades – na semana anterior eram 30 e, na retrasada, 35. Contabilizou avanço também no acumulado de sete dias em termos de internações em leitos clínicos: foram 102 ante 75.

Ainda para a macrorregião Sul, o indicador relacionado à capacidade de atendimento piorou no comparativo entre as semanas. O percentual de pacientes confirmados para Covid-19 em leitos de UTI, com relação aos leitos livres, aumentou novamente. Enquanto na semana passada havia 0,79 leito de UTI livre para cada leito de UTI ocupado por paciente Covid-19, nesta semana o indicador passou para 0,30 – número mais baixo entre todas as macrorregiões e da série histórica de todo o modelo.

• Clique aqui e acesse a nota técnica com as justificativas de classificações das regiões.

Regra 0-0

De acordo com o mapa preliminar da 32ª rodada, 456 municípios (do total de 497) estão classificados em bandeira vermelha, somando 10,1 milhões de habitantes, o que corresponde a 89,3% da população gaúcha (total de 11,3 milhões de habitantes).

Desses, 162 municípios (726,2 mil habitantes, 6,4% da população gaúcha) podem adotar protocolos de bandeira laranja, porque cumprem os critérios da Regra 0-0, ou seja, não têm registro de óbito ou hospitalização de moradores nos últimos 14 dias, desde que a prefeitura crie um regulamento local.

Publicidade

Vale lembrar que a regra 0-0 é válida apenas para municípios em regiões de bandeira vermelha, para que possam adotar protocolos de bandeira laranja. Ou seja, a regra não se aplica a municípios de regiões em bandeira preta e laranja.

Dos 28 municípios em bandeira preta (1,05 milhão de habitantes, 9,3% do RS), oito não registraram óbitos ou hospitalizações (65.181 habitantes, 0,6%).

• Clique aqui e acesse a lista de municípios que se encaixam na Regra 0-0

RESUMO DA 32ª RODADA

Regiões que apresentaram piora (3)

VERMELHA > PRETA
Bagé
Pelotas

LARANJA > VERMELHA
Taquara

Regiões que continuaram iguais (17)

Publicidade

VERMELHA
Guaíba
Cachoeira do Sul
Canoas
Capão da Canoa
Caxias do Sul
Erechim
Ijuí
Lajeado
Novo Hamburgo
Palmeira das Missões
Passo Fundo
Porto Alegre
Santa Cruz do Sul
Santa Maria
Santa Rosa
Santo Ângelo
Uruguaiana

Região que apresentou melhora (1)

VERMELHA > LARANJA
Cruz Alta

DESTAQUES DA 32ª RODADA

▪ número de novos registros semanais de hospitalizações confirmadas com Covid-19 aumentou 14% entre as duas últimas semanas (de 1.174 para 1.338);
▪ número de internados em UTI por SRAG aumentou 15% no Estado entre as duas últimas quintas-feiras (de 966 para 1.115);
▪ número de internados em leitos clínicos com Covid-19 aumentou 1% entre as duas últimas quintas-feiras (de 1.357 para 1.375)
▪ número de internados em leitos de UTI com Covid-19 no RS aumentou 15% entre as duas últimas quintas-feiras (de 799 para 915);
▪ número de leitos de UTI adulto livres para atender Covid-19 no RS reduziu 18% entre as duas últimas quintas-feiras (de 496 para 407);
▪ número de casos ativos reduziu 2% entre as duas últimas semanas (de 25.656 para 25.221);
▪ número de registros de óbito por Covid-19 aumentou 15% entre as duas últimas quintas-feiras (de 357 para 409);
▪ As regiões com maior número de novos registros de hospitalizações nos últimos sete dias, por local de residência do paciente, são Porto Alegre (338), Caxias do Sul (152), Canoas (101), Novo Hamburgo (96), Pelotas (87) e Passo Fundo (82).

Comparativo: situação entre 13 de novembro e 11 de dezembro

▪ número de novos registros semanais de hospitalizações confirmadas com Covid-19 aumentou 45% no período (de 923 para 1.338);
▪ número de internados em UTI por SRAG aumentou 40% no Estado no período (de 794 para 1.115);
▪ número de internados em leitos clínicos com Covid-19 no RS aumentou 50% no período (de 914 para 1.375);
▪ número de internados em leitos de UTI com Covid-19 no RS aumentou 42% no período (de 646 para 915);
▪ número de casos ativos aumentou 69% no período (de 14.951 para 25.221)
▪ número de leitos de UTI adulto livres para atender Covid-19 reduziu 40% no período (de 682 para 407);
▪ número de óbitos por Covid-19 acumulados em sete dias aumentou 139% no período (de 171 para 409).

Publicidade
2 Comments

2 Comments

  1. joaoschroederJoão

    11/12/20 at 20:20

    Não entendi ou estou calculando errado o número de mortos. Diz que morreram 41 esta semana em relação a 23 na semana passada
    04-12 189
    05-12 191

    10-12 208
    11-12 215
    se contarmos de 05 (sábado) até hoje, 11 (sexta), dá um total de 24 mortes.
    Será que é notícia antecipada e já sabem quantos irão morrer semana que vem?

    • Neusa Ferreira

      12/12/20 at 17:17

      Por favor PREFEITA Paula Mascarenhas mantém sim o Comércio Fechado assim evita do Covid 19 de se espalhar porque comércio aberto fas aglomeração sim aí sim vai morrer muita gente fim de Ano vem aí é infelizmente vai ser uma Catástrofe por favor FIQUEM EM CASA e com SAÚDE vamos esperar a VACINA 🙏🏼

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor.

Pandemia

Mutirão de vacinação nas escolas será a partir de quarta-feira

Publicado

on

Um mutirão de vacinação contra a Covid-19 será realizado nas escolas municipais de Pelotas. As imunizações serão uma vez por semana, a partir desta quarta-feira (10), para crianças com três anos ou mais matriculadas nas escolas selecionadas. A iniciativa do Município é uma parceria entre as secretarias de Saúde (SMS) e de Educação e Desporto (Smed), e visa aumentar a cobertura vacinal para o público infantil.

As aplicações serão às quartas-feiras, das 13h30min às 17h30min, e em diferentes escolas selecionadas, uma a cada semana, conforme cronograma organizado pela Prefeitura. A imunização é destinada apenas para os alunos matriculados nos educandários e vai ocorrer mediante a presença dos pais ou responsáveis legais pelas crianças. 

Confira a programação da vacinação nas escolas

* Escolas Municipais de Educação Infantil (Emeis) – quartas-feiras, das 13h30min às 17h30min 

Dia 10: Emei Bernardo de Souza – rua Padre Anchieta, 3.553 – Centro

Dia 17: Emei Mário Quintana – rua Irmão Gabino Gerardo, 260, travessa A – Fragata/Guabiroba

Dia 24: Emei Ruth Blank – Parque Dom Antônio Zattera, 221 – Centro

Dia 31: Emei Anita Malfatti – rua Machado de Assis, 235 – Fragata

Publicidade
Documentação necessária

– Documento de identidade da criança e do responsável legal com foto. Caso o menor não tenha documento com foto deverá apresentar cópia da Certidão de Nascimento

– Carteira de vacinação da criança

– CPF ou Cartão do SUS

Orientações da SMS

Segundo o Ministério da Saúde, já é possível a administração do imunizante contra o coronavírus com outras vacinas do calendário vacinal sem intervalo mínimo. A estratégia contribui para a melhora da cobertura dos imunizantes. 

Se a criança estiver com sintomas gripais, não deve se vacinar enquanto estiver passando pelo quadro. O mesmo vale para quem tiver positivado para o coronavírus. É necessário aguardar 30 dias do início dos sintomas para receber a dose de imunização.

Continue Reading

Pandemia

Após 29 meses, UFPel retoma atividades 100% presenciais

Publicado

on

Nesta segunda-feira (1º), a Universidade Federal de Pelotas voltou às atividades 100% presenciais, após o período emergencial causado pela pandemia de Covid-19.

A retomada total ocorre após 29 meses, período em que atuou remotamente. Desde outubro de 2021, o trabalho presencial vinha sendo retomado aos poucos.

São 94 os cursos de graduação que retomam suas disciplinas e ações de ensino-aprendizagem de forma presencial; estes unem-se ao curso de Direito, que já havia voltado ao regime em 9 de maio.

O próximo passo é elaborar um plano para que o calendário acadêmico da UFPel entre em compasso com o calendário civil. Estão com um semestre de atraso.

Acolhimento

Para a semana entre os dias 8 e 12 de agosto, a Universidade preparou uma programação cultural para realizar o acolhimento de todos os estudantes, além de comemorar o aniversário de 53 anos da UFPel. As ações têm o objetivo de levar instantes de cultura e descontração ao maior número de espaços da instituição, descentralizando a atividade de acolhida.

Tanto os horários quanto os locais de realização foram pensados para diversificar a atividade. Haverá apresentações no Largo do Bola, no Restaurante Universitário do Câmpus Capão do Leão, na Faculdade de Medicina, na Escola Superior de Educação Física e no Câmpus Anglo.

Publicidade

A gestão da UFPel também realizará visitas às unidades acadêmicas, para dar as boas-vindas a estudantes e servidores nesse retorno. Também faz parte da programação do reencontro a inauguração da nova Biblioteca e do aulário do Câmpus Capão do Leão.

Cuidados necessários

A administração central da UFPel relembra que as medidas de prevenção contra a Covid-19 estão mantidas, pois a pandemia ainda não acabou. O uso de máscaras é obrigatório em todos os espaços da Universidade, assim como a apresentação de comprovante vacinal quando solicitado. A instituição orienta ainda que sejam mantidas as medidas de higienização das mãos e de não aglomeração.

Continue Reading

Brasil e mundo

Casos de coronavírus crescem em Tóquio

Publicado

on

O governo metropolitano de Tóquio confirmou hoje (29) 36.814 novos casos de coronavírus.

O número é de 1.819 ocorrências a mais do que uma semana atrás. O total marca o décimo dia consecutivo de aumento na comparação semana a semana.

Autoridades da capital japonesa Tóquio afirmam que o total de pacientes em condição grave, com necessidade de usar respiradores ou máquinas ECMO, é de 26, 1 a menos que na quinta-feira.

Continue Reading
Brasil e mundo4 dias atrás

Prazo para pedir voto em trânsito termina na próxima quinta-feira

Eleições 20227 dias atrás

A carta de filiação que leu Pedro Hallal em sua filiação ao PT

Cultura e diversão5 dias atrás

Em livro, Mateus Bandeira conta sua ‘aventura’ como candidato a governador do RS, em 2018

Pelotas e RS1 semana atrás

Hallal se filia ao PT nesta quarta

Pelotas e RS6 dias atrás

Projeto de extensão do IFSul promove aulas preparatórias para o Enem

Brasil e mundo6 dias atrás

Petrobras reduz preços de venda de diesel para as distribuidoras

Especial7 dias atrás

Pais necessários

Brasil e mundo6 dias atrás

Conab estima safra de grãos em 271,4 milhões de toneladas em 2021/22

Brasil e mundo1 semana atrás

O tempo de tevê dos presidenciáveis

Brasil e mundo7 dias atrás

Revogado decreto que regulamenta profissão de corretor de imóveis

Especial2 dias atrás

A câmera escondida na Secretaria de Trânsito

Brasil e mundo23 horas atrás

Campanha eleitoral começa hoje nas ruas do país

Cultura e diversão4 dias atrás

Um dia engraçado

Brasil e mundo1 semana atrás

Dólar cai para R$ 5,11 e fecha no menor nível em sete semanas

Pandemia1 semana atrás

Mutirão de vacinação nas escolas será a partir de quarta-feira

Brasil e mundo1 dia atrás

Petrobras anuncia redução de R$ 0,18 na gasolina para distribuidoras

Brasil e mundo1 semana atrás

MEC divulga hoje resultado da 1ª chamada do ProUni 2022/2

Brasil e mundo1 semana atrás

Auxílio Brasil de R$ 600 começa a ser pago nesta terça-feira

Brasil e mundo23 horas atrás

Campanha eleitoral começa hoje nas ruas do país

Brasil e mundo1 dia atrás

Petrobras anuncia redução de R$ 0,18 na gasolina para distribuidoras

Especial2 dias atrás

A câmera escondida na Secretaria de Trânsito

Brasil e mundo4 dias atrás

Prazo para pedir voto em trânsito termina na próxima quinta-feira

Cultura e diversão4 dias atrás

Um dia engraçado

Cultura e diversão5 dias atrás

Em livro, Mateus Bandeira conta sua ‘aventura’ como candidato a governador do RS, em 2018

Pelotas e RS6 dias atrás

Projeto de extensão do IFSul promove aulas preparatórias para o Enem

Brasil e mundo6 dias atrás

Petrobras reduz preços de venda de diesel para as distribuidoras

Brasil e mundo6 dias atrás

Conab estima safra de grãos em 271,4 milhões de toneladas em 2021/22

Especial7 dias atrás

Pais necessários

Eleições 20227 dias atrás

A carta de filiação que leu Pedro Hallal em sua filiação ao PT

Brasil e mundo7 dias atrás

Revogado decreto que regulamenta profissão de corretor de imóveis

Pelotas e RS1 semana atrás

Hallal se filia ao PT nesta quarta

Brasil e mundo1 semana atrás

MEC divulga hoje resultado da 1ª chamada do ProUni 2022/2

Pandemia1 semana atrás

Mutirão de vacinação nas escolas será a partir de quarta-feira

Brasil e mundo1 semana atrás

O tempo de tevê dos presidenciáveis

Brasil e mundo1 semana atrás

Auxílio Brasil de R$ 600 começa a ser pago nesta terça-feira

Brasil e mundo1 semana atrás

Dólar cai para R$ 5,11 e fecha no menor nível em sete semanas

Cultura e diversão2 semanas atrás

O TELEFONE PRETO. (Por Déborah Schmidt)

Brasil e mundo2 semanas atrás

Câmara aprova projeto que cria norma geral para concursos públicos

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Em alta