Reino Unido avalia medidas contra nova cepa da covid-19, que pode ser até 70% mais transmissível

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, discutiu com seus principais ministros neste sábado (19) que ação urgente tomar depois que foi confirmado que uma nova cepa do vírus da covid-19 pode se espalhar mais rapidamente e levar a um aumento de casos.

BBC informou que Londres e o sudeste da Inglaterra serão colocados em um nível mais alto de restrições e que o governo reduzirá uma planejada flexibilização das regras para o Natal, mas não deu mais detalhes.

Johnson concedeu entrevista coletiva ainda neste sábado, em que falou dos planos diante de um aumento nas infecções em Londres e no sudeste da Inglaterra, ligadas a uma nova variante mais transmissível do vírus.

“Pode ser até 70% mais transmissível do que a variante antiga”, disse Johnson durante coletiva de imprensa”, afirmou ele.

“Dadas as primeiras evidências que temos sobre esta nova variante do vírus, e o risco potencial que ela representa, é com o coração muito apertado que devo dizer que não podemos continuar com o Natal como planejado.”

O diretor médico da Inglaterra, Chris Whitty, disse alertamos a Organização Mundial da Saúde.

O Reino Unido registrou 28.507 novos casos de covid-19 na sexta-feira (18) e 489 mortes, com o número de reprodução “R” estimado entre 1,1 e 1,2, o que significa que o número de casos está aumentando rapidamente.

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.