Connect with us

Brasil e mundo

Reitores eleitos e não empossados lançam Carta Aberta em defesa da democracia

Publicado

on

O reitor eleito da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), atual pró-reitor de Planejamento e Desenvolvimento, Paulo Ferreira Júnior, é um dos integrantes do grupo de 20 reitores e diretores eleitos e não empossados das instituições de ensino superior. Dentre as ações do coletivo está a Carta Aberta “A Democracia Precisa Prevalecer”.

A chamada Frente de Articulação para Nomeação dos Reitores Eleitos tem a participação, além dos dirigentes escolhidos por suas comunidades, de entidades como Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes), Federação de Sindicatos de Trabalhadores Técnico-administrativos em Instituições de Ensino Superior Públicas do Brasil (Fasubra), Federação de Sindicatos de Professores e Professoras de Instituição Federais de Ensino Superior e de Ensino Básico Técnico e Tecnológico (Proifes) e União Nacional dos Estudantes (UNE).

Nesta quarta-feira (27), o grupo esteve reunido com o vice-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Luiz Viana, que lidera a Comissão Especial de Defesa da Autonomia Universitária.

A Comissão foi criada em conjunto com a Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) e trabalha em conjunto com as Universidades Federais.

O encontro teve a intenção de oportunizar que os integrantes da Frente conhecessem mais detalhadamente as ações judiciais que estão em curso: uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) e uma Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF), que defendem a nomeação do indicado mais votado das listas tríplices para os cargos de reitor e diretor das instituições federais de ensino superior.

A reunião também objetivou esclarecer de que maneiras o grupo pode atuar junto ao Supremo Tribunal Federal (STF), de forma legítima, em relação a essas ações.

Publicidade
Publicidade
2 Comments

2 Comments

  1. Alarico

    29/01/21 at 09:13

    A reivindicação dos “preteridos” é ambígua e contraditória. Defender a posse dos “mais votados” é legitimo; mas não se pode misturar tal postulação à defesa da democracia. Defender a democracia significa defender a Lei. E a lei determina que as universidades públicas elejam “os membros da lista tríplice”, para que dela seja escolhido um nome, presumivelmente o nome que melhor atenda aos objetivos estratégicos do país (e não o interesse dos sindicatos). Defender a democracia é defender a instituição contra a “privatização” das universidades por grupos de interesse que delas se apropriam, para geri-las como se fossem propriedade sua. Ou se defende uma coisa, ou a outra; o que não dá é para ficar dos dois lados do balcão.

  2. Ricardo

    28/01/21 at 19:12

    Nas Universidades privadas, o Reitor pode ser escolhido pela Comunidade Acadêmica, sem qualquer problema. As Universidades Públicas, ao contrário, pertencem ao povo brasileiro e os Reitores devem ser empossados de acordo com as determinações legais. Os Reitores das Universidades Federais Brasileiras são nomeados pelo Presidente da República. Está previsto em Lei. A democracia prevalece quando a Lei é respeitada.

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor.

Brasil e mundo

Vídeo: Helicóptero cai na praia de Canasvieiras

Publicado

on

 Um helicóptero caiu na praia de Canasvieiras, em Florianópolis, na tarde desta quarta-feira. Três pessoas ficaram feridas no acidente. Todas foram socorridas e, sem ferimentos graves, foram levadas para hospitais da capital catarinense, segundo informações do Corpo de Bombeiros.

O prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, confirmou nas redes sociais que havia três pessoas na aeronave e que todos estão bem. Loureiro também disse que agentes da Guarda Municipal estiveram no local do acidente “dando suporte às equipes de resgate”.

Continue Reading

Brasil e mundo

BBB, a pobreza amada

Publicado

on

Não sabia quem era Naiara Azevedo. Soube por alto, hoje, que é do BBB e já foi “cancelada por ser bolsonarista”, parece.

Digo que não a conheço não porque a menospreze. Realmente não sabia quem era; a rigor, continuo não sabendo. Devo estar fora de moda, apenas isso.

Até mesmo o termo “cancelar”, no sentido que vem sendo empregado (para gente), é recente para mim. Conhecia o termo “gelar”, que me parece, aliás, mais estimulante: figurativamente, significa embarcar uma pessoa em um trem e despachá-la para a Sibéria.

Respeito quem gosta do BBB. Pelo que divulgam, é muita gente, de todas as classes e níveis educacionais. Se há mercado, há de ter valor comercial e razão de ser.

Aparentemente os espectadores se veem na posição de cientistas. Podendo verificar as alterações do comportamento humano sob confinamento, como fazem, em gaiolas, com animais de laboratório.

Vi o primeiro programa mais ou menos. Talvez um pouco do segundo. Não me fisgou.

Publicidade

Realmente não me toca, não me acrescenta nem me diverte.

Continue Reading

Brasil e mundo

Cidade do Rio de Janeiro bate recorde de temperatura

Publicado

on

Pelo segundo dia consecutivo, a cidade do Rio de Janeiro registrou recorde de temperatura, com a máxima de 39,2°Celsius (ºC), às 16h15, em Santa Cruz, na zona oeste. Foi a mais alta temperatura do ano e do verão, até agora.

A sensação térmica chegou a 50,8°C, às 16h, na estação Barra/Riocentro, outro recorde da estação.

De acordo com o Sistema Alerta Rio, da prefeitura, na segunda-feira (17), a máxima chegou a 37,8°C, às 15h15, em Santa Cruz, e a sensação térmica a 49,7ºC, às 15h30, na mesma estação.

Segundo o Alerta Rio, entre esta quarta-feira (19) e sábado (22), o posicionamento de um sistema de alta pressão vai favorecer a variação de nebulosidade, com céu claro a parcialmente nublado e temperaturas elevadas, mas sem previsão de chuva.

Para a quinta-feira (20), feriado de São Sebastião, padroeiro da cidade do Rio de Janeiro, o sistema prevê que uma corrente de ventos mais frescos vindos do oceano amenizará um pouco o calor. A temperatura máxima deve ficar em torno de 34°C.

Continue Reading



Publicidade
Publicidade
Publicidade

Em alta