Leite viajará o Brasil, em meio a disputa no PSDB por candidatura à Presidência

Guindado a pré-candidato à Presidência por uma ala tucana que se rebelou contra João Doria, o governador gaúcho Eduardo Leite disse nesta quinta-feira, 11, que “o Brasil não se resume a São Paulo” e que “viajará pelo País para mostrar sua experiência no governo do RS”.

A declaração foi feita no Palácio Piratini, em reunião com a presença de 11 deputados federais e um senador. “O governador Doria exerce uma liderança que respeitamos, assim como o PSDB de São Paulo, que também respeitamos. Mas o Brasil não se resume a São Paulo. Com todas as diferenças que temos com o governo Bolsonaro, não podemos boicotar o país para ter uma facilidade eleitoral”, declarou Leite.

A articulação do grupo que apoia Leite é visto como uma resposta à ofensiva de João Doria para que a bancada tucana adote uma postura mais combativa a Bolsonaro e à movimentação de aliados para que o governador paulista assuma a presidência do PSDB.

1 thought on “Leite viajará o Brasil, em meio a disputa no PSDB por candidatura à Presidência

  1. Eduardo Leite deve evitar más companhias como Dória e Aécio. Vão macular seu bom nome, sua administração tranquila. No inferno da política, não deve vender sua alma a estes diabos…

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.