Connect with us
https://www.mvpthemes.com/zoxnews/wp-content/uploads/2017/07/zox-leader.png

Cultura & entretenimento

Ponto de encontro entre o Cérebro e o Computador. Por Neiff Satte Alam

Publicado

on

Neiff Satte Alam

Ligamos o computador.
Acessamos a Internet.
Buscamos um site de relacionamento.
Trabalhamos um texto utilizando informações de um site de buscas.
Várias operações quase que simultâneas; visitamos fotos antigas e mais recentes; consultamos textos que escrevemos há muito tempo e alguns escritos por estes dias.

  • Oi filho, tudo bem? Desenvolvo um diálogo com meu filho em meio às tarefas que estava desempenhando.
    Nem bem encerro esta conversa, lembro que pediram que encomendasse uma pizza:
  • Por favor, envie para este endereço uma pizza de quatro queijos!
    Voltamos ao que estávamos fazendo.
    Este é nosso cérebro, poderoso órgão que opera em rede, busca informações antigas, anexa-as às mais recentes; trabalha exatamente como o computador, com hipertextos armazenados em seu banco de memória; através de “foto células” biológicas localizadas no hipotálamo, coordena as ações de acordo com a hora do dia, com a posição solar e as necessidades operatórias armazenadas nos genes, bytes biológicos, só que mais perfeitos.
    Concretamente: nosso cérebro biológico trabalha em rede como o cérebro eletrônico, não linearmente, reunindo em um único pensamento e a cada pensamento um número elevado de informações que, diferentemente da “cibermáquina”, ainda tem a capacidade de dar significado à informação produzindo conhecimento que haverá de gerar mais informações.
    Mas…
    O aprendizado tradicional, o professor, em seu dia a dia, ainda impregnado de uma forma ainda divorciada da forma não linear proposta pelo computador, pois a Escola em que se formaram nossos professores ainda está sendo reformulada para se adaptar a um ensino-aprendizagem em rede e encaminhado de fato à construção de competências.
    Foi natural esta lentidão para adaptação, mas já é tempo de uma inserção nestes novos tempos, pois os alunos, ainda não viciados na forma antiga de pensar (linearidade e determinismo, predominantes) têm que encontrar um ponto de encontro pedagogicamente adequado Temos que ligar nosso cérebro assim como ligamos o computador para que o século da informática efetivamente comece.
    Este é o ponto de encontro entre os que construíram o computador e proporcionaram uma informação quase sem limites e o professor, que tem a missão de proporcionar uma construção de competência, também sem limites, um predicado da complexidade associada à singularidade.

Neiff Satte Alam é professor Universitário Aposentado – UFPEL Biólogo e Especialista em Informática na Educação

Clique para comentar

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.

Cultura & entretenimento

O tema da vida

Publicado

on

“Não precisei ir aos livros para saber que o tema da vida é conflito e dor. Instintivamente, todas as minhas bufonadas se baseavam nisso: colocar as criaturas em dificuldades e fazê-las sair delas”.

Charles Chaplin.

Chaplin em Ombro, Armas

Continue Reading

Cultura & entretenimento

Baldwin foi informado de que arma era segura

Publicado

on

A arma com que Alec Baldwin matou Halina Hutchins, diretora do filme Hust, rodado em Santa Fé, nos EUA, foi entregue a ele por um assistente de direção.

O homem teria dito que a pistola era segura, segundo a polícia.

O diretor assistente Dave Halls não sabia que a arma tinha munição de verdade e afirmou que ela não estava carregada gritando “arma fria”, segundo o documento judicial.

PUBLICIDADE

Continue Reading

Cultura & entretenimento

Gel de garrafa térmica

Publicado

on

Estamos vivendo mesmo tempos difíceis.

Outro dia, em um vídeo do Reels, uma pessoa, no balcão de uma mercearia, tentou espremer gel higienizador da covid de uma garrafa térmica.

Enganou-se de recipiente, ardeu nas mãos.

Tem que ter resiliência de Kung Fu.

PUBLICIDADE

Clique aqui para um tour pela Escola Mario Quintana

https://marioquintana.com.br/tourvirtual/

Continue Reading

Em alta