Associação de supermercados diz que delivery não dá conta em caso de lockdown

A Associação Brasileira de Supermercados (Abras) divulgou nota nesta quarta (17) criticando governos estaduais e prefeituras que mandaram fechar as lojas do setor.

“Estas imposições restritivas ou de fechamento de supermercados revelam-se muito preocupantes na medida em que tem potencial para desencadear um risco real de desabastecimento da população”, diz a nota.

“O setor supermercadista congrega no território nacional mais de 90 mil lojas físicas que compreendem 85% (oitenta e cinco por cento) do abastecimento nos lares brasileiros com mais de 28 milhões de visitações por dia. Desta forma, é nosso dever alertar responsavelmente que não há capacidade de atendimento em delivery para este volume de vendas. Além disso, a decretação deste impedimento de abrir as lojas tem provocado o indesejável efeito reverso de correria e aglomerações nos estabelecimentos nos dias que antecedem ao fechamento”.

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.