Leite vai processar Roberto Jefferson por declarações homofóbicas

O governador Eduardo Leite (PSDB) decidiu processar o presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, que tem feito declarações homofóbicas dirigidas a ele.

“Estamos preparando uma representação contra ele (Jefferson) junto ao Ministério Público”, afirmou Leite.

Na sexta-feira da semana passada, em entrevista à Rádio Bandeirantes, Roberto Jefferson, a pretexto de criticar a política de segurança do Estado, atacou Leite:

“É uma absoluta vergonha esse rapaz e o que (Eduardo Leite) está fazendo no Rio Grande do Sul. Tem uma vocação ditatorial absolutamente imoral, indigna, incorreta, né? Uma coisa narcisista, doentia, uma coisa assim viciada. Eu diria até que não é uma coisa varonil você pegar uma vendedora de sorvete, espancar, prender. Não é uma coisa de um homem varonil, não é uma coisa de um homem viril. Eu diria até que é coisa de veado”.

Nesta quarta-feira circulou um novo áudio de Jefferson, ainda mais agressivo que o primeiro.

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.