Connect with us
https://www.mvpthemes.com/zoxnews/wp-content/uploads/2017/07/zox-leader.png

Pandemia

Paróquia do Porto realiza ato em homenagem às vítimas da covid em Pelotas

Publicado

on

A Paróquia Sagrado Coração de Jesus, conhecida como Igreja do Porto, realizará neste Domingo de Páscoa (4), ao final da missa das 18h30min, um ato para homenagear as mais de 500 vítimas da covid-19 em Pelotas. Em frente ao prédio centenário da igreja matriz, localizada na esquina das ruas Gomes Carneiro e Alberto Rosa, serão acesas 500 velas lembrando essas pessoas que perderam a vida para o coronavírus.

Segundo o padre Wilson Fernandes, pároco da Igreja do Porto, o momento será para expressar a esperança na vida mesmo que em um momento de luto para tantos. “As velas trazem a luz, a luz de Cristo, que, ao ressuscitar, vence a morte e nos traz a vida”, explica o sacerdote. Por isso, de acordo com ele, realizar a homenagem em pleno Domingo de Páscoa é simbólico, pois esta é a data em que se celebra a memória da ressurreição: “Jesus fez essa promessa, de que todo aquele que Nele crer não morrerá, mas viverá para sempre”.

A missa durante a qual ocorrerá o ato encerra a programação da Semana Santa da Paróquia Sagrado Coração de Jesus: desde o último domingo (25), celebrações transmitidas pelas redes sociais da comunidade, algumas delas com a presença de público restrita às regulamentações vigentes, vem lembrando os últimos dias de Jesus Cristo, sua paixão, morte e ressurreição, neste que é o momento mais importante no calendário cristão.

ATO EM HOMENAGEM AOS MAIS DE 500 MORTOS PELA COVID EM PELOTAS

Data: Domingo de Páscoa, 4 de abril

Horário: Missa – 18h30min, Homenagem – aprox. 19h15min

Local: Igreja Sagrado Coração de Jesus (rua Coronel Alberto Rosa, 251, esq. rua Gomes Carneiro)

Clique para comentar

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.

Brasil & Mundo

Pela 1ª vez Face e Insta derrubam live em que Bolsonaro associou Aids à vacina da Covid

O vídeo não está mais disponível nem no Facebook nem no Instagram

Publicado

on

Na noite deste domingo (24), o Facebook derrubou a live semanal de Jair Bolsonaro transmitida na última quinta-feira (21). O vídeo não está mais disponível nem no Facebook nem no Instagram.

De acordo com a empresa, o motivo para a exclusão foram as políticas relacionadas à vacina da Covid-19. “Nossas políticas não permitem alegações de que as vacinas de Covid-19 matam ou podem causar danos graves às pessoas”, informa a Folha.

Bolsonaro afirmou durante live em 21 de outubro que “vacinados [contra a Covid] estão desenvolvendo a síndrome da imunodeficiência adquirida [Aids]”. Ele leu uma notícia falsa alertando para o suposto perigo. 

Médicos afirmam que a associação entre a vacina contra o coronavírus e a transmissão do HIV, o vírus da Aids, é falsa e inexistente.

Esta é a primeira vez que a empresa remove uma live semanal de Jair Bolsonaro. 

PUBLICIDADE

Clique aqui para um tour pela Escola Mario Quintana

https://marioquintana.com.br/tourvirtual/

Continue Reading

Brasil & Mundo

51,2% dos brasileiros vacinados com duas doses

Quase 153 milhões de pessoas tomaram a primeira dose, o que representa 71,7% da população

Publicado

on

O Brasil alcançou neste sábado, 23, 109 milhões de pessoas vacinadas com a segunda dose ou a dose única de vacinas contra a Covid, de acordo com o consórcio de veículos de imprensa. 

Receberam duas doses ou a vacina de dose única 109.217.821 pessoas, ou 51,2% da população.

Quase 153 milhões de pessoas tomaram a primeira dose, o que representa 71,7% da população.

Continue Reading

Brasil & Mundo

Vacina da covid não causa Aids, como disse “o outro”

Publicado

on

Continue Reading

Em alta