Connect with us

Brasil e mundo

Vencer na vida: o discurso de alguns palestrantes e pregadores. Por Robson Loeck

Publicado

on

Por Robson Loeck*

A ideia de escrever estas linhas surgiu depois de abrir a minha caixa de correspondência e ler um jornal de uma igreja que nela foi colocado. Ao terminar a leitura despropositada e movida pela curiosidade, fiquei embasbacado. Não pelo fato de não conhecer um pouco sobre as religiões e, por exemplo, a famosa análise de Max Weber em “A Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo”, mas, sim, por pensar: “puxa vida, em pleno século XXI, isso ainda faz a cabeça das pessoas!”.

Pensativo por um breve momento, dei-me conta que sim, que é a mais pura realidade, até mesmo porque, caso não fosse, aquele jornal não teria sido impresso e, muito menos, eu o teria lido. Mas, para fazer jus ao título do artigo, antes de comentar sobre o seu conteúdo, gostaria de falar sobre alguns palestrantes de autoajuda e da similaridade dos seus discursos com os discursos também utilizados por alguns pregadores religiosos, as quais já adianto, são duas: a defesa da sociedade capitalista e o sucesso como uma questão individual.

Desde a graduação, em meados da década de 90, comecei a assistir palestras de autoajuda, e ainda hoje, assisto, quando não tenho escapatória, ainda que contrariado. Posso dizer que a “coisa é forte” e não é para “os fracos”. Para se ter uma ideia, não foi à toa que Barack Obama, na campanha presidencial dos Estados Unidos de 2008, usou o slogan “yes, we can”. Se funciona na política, imagina então no mundo empresarial e do emprego, onde boa parte dos palestrantes de autoajuda, em geral para um público extenso, dizem que todos nós podemos fazer o que quisermos, resumindo: que para vencer na vida basta querer.

Outros tantos pregadores religiosos não ficam atrás, pois o discurso é muito parecido. Para eles, o sucesso advém do ato de frequentar a igreja e de se “encontrar” com Deus. Para se ter uma ideia, em um dos vários depoimentos do referido jornal, aliás muito parecidos, uma pessoa com o casamento fracassado, desempregada e cheia de dívidas foi à igreja, ouviu a pregação e resolveu todos os seus problemas. Teria superado todas as suas dificuldades e passado por uma mudança drástica pois, vejam só, de empregada se tornou empregadora, tendo agora casa própria, imóveis para aluguéis e dois carros importados na garagem.

Para o palestrante de autoajuda, importante ressaltar, se faz necessário entender o funcionamento do “deus” mercado e acreditar em si mesmo para a obtenção do sucesso. Já para o pregador religioso é necessário ir à igreja para se encontrar consigo mesmo e conhecer a palavra de Deus, para depois conquistar um bom resultado no mercado. E algo muito interessante, numa perspectiva de negócio, é que o insucesso nunca pode ser creditado a ambos, pois eles não têm culpa, respectivamente, de o mercado ainda não ter sido bem assimilado e de Deus ainda não ter penetrado, de fato, na vida da pessoa.

Essas abordagens fazem muita gente acreditar que o sucesso está atrelado somente ao aspecto econômico da vida e que não atingi-lo é um problema de ordem individual, ou seja, somente seu e de mais ninguém. É um perigo se deparar com pessoas empolgadas dentro de um auditório lotado, geralmente um evento patrocinado pelo empregador para motivar seus empregados, pois é um indicativo de que muitas expectativas não serão concretizadas, levando muitos ao sentimento de culpa pelo insucesso e, consequentemente, à depressão. Da mesma forma, o mesmo sentimento pode aflorar em pessoas que ficam à mercê de um pregador e, mesmo depois de ofertar recursos financeiros a sua igreja, não veem a sua vida deslanchar.

Publicidade

Interessante também é perceber que, apesar de defenderem e incentivarem o sucesso econômico e a sociedade individualista e capitalista, muitos palestrantes de autoajuda e pregadores religiosos dependem do dinheiro de quem lhes escuta. E assim o fazem, a princípio, sem culpa e sem que qualquer culpa possa lhes ser creditada. Não é um baita negócio?

Ao mesmo tempo, importante que seja dito, seus negócios não geram resultados econômicos para a coletividade e muito menos para os seus clientes individualmente, pois prova disso é o número de pessoas pobres na sociedade ser relativamente bem maior do que ao de pessoas ricas, o que demonstra a sua ineficácia quanto aos resultados prometidos.

Que Deus nos ajude, em pleno século XXI, a enfrentar a fé no mercado e a compra da fé!

Robson Becker Loeck é sociólogo, graduado e mestre em ciências sociais, especialista em política.

Artigos de opinião refletem a posição exclusiva de seu autor.

1 Comment

1 Comment

  1. Rodrigo Jorge Martins

    12/05/21 at 17:45

    Excelente alerta!
    E o mercado do “incentivo” se espraia para outros cenários que enriquecem e muito os seus propagadores, o concurso público é outro grande exemplo de filão de grana. São cursinhos, apostilas, livros e, o tão na moda coaching. Diversos e das mais variada formas, e mais em épocas de grandes dificuldades econômicas e desemprego, pipocam os “coachings” ofertando os seus préstimos a quantias astronômicas, incentivando o iludido a buscar por meio das inúmeras técnicas de “aprendizado” a sonhada vaga no serviço público.
    Veja bem, foram mais de 750 mil inscritos para o concurso da polícia rodoviária, destes, quantos caíram no conto do “eu vou conseguir” “só depende de mim” “se não consegui, a culpa foi minha”… Será mesmo???
    O Deus mercado está ali, pronto para abraçar os “fracassados”, por ora.

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor.

Brasil e mundo

Revogado decreto que regulamenta profissão de corretor de imóveis

Publicado

on

O presidente Jair Bolsonaro revogou hoje (10) o decreto, publicado ontem (9), que modificava a regulamentação da profissão de corretor de imóveis. De acordo com ele, representantes do setor serão consultados e um novo documento deve ser editado.

“Eu também erro, como essa semana cometi um equívoco e não tem problema nenhum voltar atrás. Determinei agora de manhã, já foi publicado no Diário Oficial da União [DOU] a revogação do decreto que trata dos corretores. Vamos em frente, vamos ouvir o setor e aperfeiçoar o decreto”, disse o presidente, em Brasília, em evento promovido pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).

De acordo com o Ministério da Economia, as mudanças tinham o objetivo de fomentar a livre concorrência no setor de intermediação imobiliária tornando mais precisa a definição da atividade de intermediação imobiliária.

“Outras atividades, como publicidade ou marketing imobiliário e serviços auxiliares como atendimento ao público em geral – a exemplo do realizado por recepcionistas, ou a distribuição de panfletos – não são atividades privativas da profissão de corretor. Fica mantida a intermediação imobiliária como atividade exclusiva do corretor de imóveis capacitado e devidamente inscrito no conselho profissional”, explicou a pasta sobre as mudanças agora revogadas.

Além disso, a nova norma previa que as tabelas de preços de serviços de corretagem teriam papel meramente referencial, não podendo ser empregadas como piso ou teto na definição dos valores a serem cobrados por corretores no desempenho de suas atribuições. Outra modificação que visava a desburocratização e redução de custos de transação, esclarecia que o registro do contrato de associação dos corretores com imobiliárias não seria requisito essencial para a validade do contrato e para efeitos jurídicos.

O decreto também tratava sobre os trâmites para ingresso na profissão de corretor de imóveis e dava prazo de 90 dias para que o Conselho Regional de Corretores de Imóveis da jurisdição expedisse o registro. Além disso, “a proposta incorpora, ainda, o princípio da retroatividade da norma mais benéfica ao acusado de sanção disciplinar”, explicou o ministério.

Publicidade
Continue Reading

Brasil e mundo

MEC divulga hoje resultado da 1ª chamada do ProUni 2022/2

Publicado

on

O Ministério da Educação divulga nesta terça-feira (9) o resultado da primeira chamada do Progama Univesidade para Todos, o ProUni 2022/2 . Tanto a lista com os selecionados quanto o resultado individual ficarão disponíveis para consulta no Portal Único de Acesso.

Os selecionados terão até o dia 17 deste mês para comprovarem as informações enviadas no ato da inscrição. Já o resultado da segunda chamada será divulgado em 22 de agosto, com matrículas entre 22 e 31 de agosto.

Para aqueles que não forem selecionados nas chamadas regulares, o programa oferece ainda a oportunidade de participar da lista de espera. Para isso, o estudante deve manifestar o interesse nos dias 5 e 6 de setembro. A divulgação do resultado da lista de espera sai no dia 9 de setembro e as matrículas deverão ser realizadas entre 10 e 16 de setembro.

ProUni

O ProUni é o programa do governo federal que oferece bolsas de estudo, integrais e parciais (50%), em instituições particulares de educação superior. Nesta edição, mais de 190 mil bolsas serão ofertadas. É preciso que o candidato tenha feito as edições de 2021 ou de 2020, ou ambas, do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), e tenha alcançado, no mínimo, 450 pontos de média das notas e não tenha tirado zero na redação. Outra exigência é não ter participado do Enem na condição de treineiro. Será considerada a edição do Enem com a melhor média de notas.

Para ter acesso à bolsa integral, o estudante deve comprovar renda familiar bruta mensal de até 1,5 salário mínimo por pessoa. Para a bolsa parcial, a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa.

O público-alvo do programa é o estudante sem diploma de nível superior. Professores da rede pública de ensino também podem disputar uma bolsa exclusiva para os cursos de licenciatura e pedagogia, destinados à formação do magistério da educação básica. Nesse caso, não se aplica o limite de renda exigido dos demais candidatos.

Publicidade
Continue Reading

Brasil e mundo

O tempo de tevê dos presidenciáveis

Publicado

on

Continue Reading
Cultura e diversão4 dias atrás

O TELEFONE PRETO. (Por Déborah Schmidt)

Brasil e mundo1 semana atrás

Reino Unido oferece bolsas de mestrado para alunos de 160 países

Brasil e mundo6 dias atrás

Câmara aprova projeto que cria norma geral para concursos públicos

Brasil e mundo1 semana atrás

Abertas as inscrições para concorrer a bolsas do ProUni

Brasil e mundo1 semana atrás

Ministro diz que Brasil terá antiviral para tratar varíola dos macacos

Brasil e mundo1 semana atrás

CVC é multada por venda de passagens de companhia em falência

Cultura e diversão1 dia atrás

Minha impressão de Elvis

Brasil e mundo1 semana atrás

Copom inicia quinta reunião do ano avaliando fim de aperto nos juros

Pelotas e RS1 semana atrás

Relações Internacionais terá aula inaugural nesta quarta (03)

Pandemia1 semana atrás

Após 29 meses, UFPel retoma atividades 100% presenciais

Pelotas e RS1 dia atrás

Hallal se filia ao PT nesta quarta

Brasil e mundo1 semana atrás

MEI poderá emitir nota fiscal de serviço no Portal do Simples Nacional

Cultura e diversão1 semana atrás

AGENTE OCULTO. (Por Déborah Schmidt)

Brasil e mundo1 semana atrás

Saúde orienta grávidas sobre prevenção à varíola dos macacos

Brasil e mundo2 dias atrás

Dólar cai para R$ 5,11 e fecha no menor nível em sete semanas

Brasil e mundo2 dias atrás

O tempo de tevê dos presidenciáveis

Pandemia2 dias atrás

Mutirão de vacinação nas escolas será a partir de quarta-feira

Brasil e mundo1 dia atrás

MEC divulga hoje resultado da 1ª chamada do ProUni 2022/2

Brasil e mundo2 dias atrás

Auxílio Brasil de R$ 600 começa a ser pago nesta terça-feira

Eleições 20226 horas atrás

A carta de filiação que leu Pedro Hallal em sua filiação ao PT

Especial4 horas atrás

Pais necessários

Eleições 20226 horas atrás

A carta de filiação que leu Pedro Hallal em sua filiação ao PT

Brasil e mundo8 horas atrás

Revogado decreto que regulamenta profissão de corretor de imóveis

Cultura e diversão1 dia atrás

Minha impressão de Elvis

Pelotas e RS1 dia atrás

Hallal se filia ao PT nesta quarta

Brasil e mundo1 dia atrás

MEC divulga hoje resultado da 1ª chamada do ProUni 2022/2

Pandemia2 dias atrás

Mutirão de vacinação nas escolas será a partir de quarta-feira

Brasil e mundo2 dias atrás

O tempo de tevê dos presidenciáveis

Brasil e mundo2 dias atrás

Auxílio Brasil de R$ 600 começa a ser pago nesta terça-feira

Brasil e mundo2 dias atrás

Dólar cai para R$ 5,11 e fecha no menor nível em sete semanas

Cultura e diversão4 dias atrás

O TELEFONE PRETO. (Por Déborah Schmidt)

Brasil e mundo6 dias atrás

Câmara aprova projeto que cria norma geral para concursos públicos

Brasil e mundo1 semana atrás

Reino Unido oferece bolsas de mestrado para alunos de 160 países

Brasil e mundo1 semana atrás

CVC é multada por venda de passagens de companhia em falência

Cultura e diversão1 semana atrás

AGENTE OCULTO. (Por Déborah Schmidt)

Brasil e mundo1 semana atrás

MEI poderá emitir nota fiscal de serviço no Portal do Simples Nacional

Brasil e mundo1 semana atrás

Saúde orienta grávidas sobre prevenção à varíola dos macacos

Pelotas e RS1 semana atrás

Relações Internacionais terá aula inaugural nesta quarta (03)

Pandemia1 semana atrás

Após 29 meses, UFPel retoma atividades 100% presenciais

Brasil e mundo1 semana atrás

Copom inicia quinta reunião do ano avaliando fim de aperto nos juros

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Em alta