Idosos em busca de vacina da covid pedem maior atenção do Centro de Especialidades

A prefeitura deveria dar atenção maior a pessoas de faixas etárias para as quais já se ofereceu vacina e que completaram idade para ter direito à vacina após aquele período de vacinação. E aos retardatários que, mesmo tendo idade completa naquele período, ainda não se vacinaram.

O site da prefeitura não tem orientações sobre como essas pessoas devem proceder. Por telefone, a Vigilância Sanitária orienta que devem comparecer obrigatoriamente ao Centro de Especialidades, no centro da cidade (não adianta reivindicar a vacina nos postos de saúde dos bairros, apenas no Centro de Especialidades). Porém, quem busca o Centro tem enfrentado dificuldades; primeiro, uma funcionária, má como uma bruxa da Nova Inglaterra, não escuta os idosos. “Ela não responde perguntas. Corta e ordena: ‘Na fila!… Já falei, na fila!’. Um nojo”, conta uma mulher.

Ao idoso que entra na fila, na calçada, resta esperar sua vez. Quando a vez chega, o funcionário destacado pergunta: “Vacina para quê?” Se for para covid, primeira dose, a resposta será: “Amanhã. Volte amanhã; teremos 40 fichas para vacinação a partir das 13h30. Aconselho chegar às 11h, até mais cedo, para pegar ficha”.

Aí a pessoa fica sem saber se poderá pegar ficha às 11h, ir almoçar em casa e voltar às 13h30 para ser vacinada. Ou se terá de ficar na fila desde a manhã até às 13h30.

1 thought on “Idosos em busca de vacina da covid pedem maior atenção do Centro de Especialidades

  1. Também tentei informações sobre a vacina da gripe para levar uma senhora idosa mas não consegui. Nenhum telefone dos postos e da secretaria da saúde atendem. Deveria ter mais informações e agilidade para as pessoas buscarem atendimento.

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.