Luca é sobre amizade e nostalgia

Ambientado na Riviera Italiana, Luca acompanha o protagonista e seu novo amigo Alberto aproveitando o verão na costa italiana. Mas os dois guardam um segredo: eles na verdade são criaturas marinhas que assumem uma forma humana quando estão em terra.  

Lançado diretamente no streaming da Disney+, essa animação da Disney/Pixar conta uma jornada de autoconhecimento e liberdade, na estreia em longa-metragem do diretor italiano Enrico Casarosa. Assumidamente autobiográfico, Luca e Alberto são inspirados na infância do diretor e de seu amigo, também chamado Alberto, em Gênova, na Itália.  

Extremamente protegido pelos pais, Luca é um monstro marinho de 13 anos que tem medo da superfície por causa dos marinheiros que pescam no local. Um dia, ele conhece outro monstro marinho, Alberto, que vive sozinho em um farol velho na beira do mar e descobre que pode se transformar em ser humano ao sair da água. Ambos decidem se aventurar em busca de uma Vespa e acabam desenvolvendo uma forte amizade. No simpático vilarejo de Portorosso, eles conhecem uma garota da cidade, Giulia, e se juntam a ela em uma competição bem italiana, que consiste em nadar, comer massa e pedalar. A dupla, entretanto, está interessada no prêmio, que os possibilitaria comprar uma Vespa e conquistar a liberdade que tanto sonham.  

Diferente de suas animações mais recentes, Luca não traz nenhuma revolução à filmografia da Pixar. Ainda assim, a Pixar continua apresentando temas profundos como a descoberta pessoal e o amadurecimento. O contraponto entre a insegurança e a inocência de Luca com a coragem e a independência de Alberto, faz com que os personagens se tornem facilmente o mais novo par de amigos com um relacionamento genuíno, como o de Woody e Buzz, de Toy Story.  

Com uma impressionante riqueza de detalhes, a produção é primorosa técnica e visualmente, o que deve agradar tanto as crianças como os adultos. Aliando maestria técnica com uma narrativa simples, o filme possui humor na medida certa e emociona quando necessário.  

Com simplicidade, nostalgia e beleza, Luca é uma história de amizade e aventura dentro de um visual vibrante e encantador. Além disso, é uma carta de amor ao cinema italiano, Ennio Morricone e Hayao Miyazaki.

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.