Ostermann lamenta veto de Leite ao projeto da Lei de Homeschooling

NOTA OFICIAL – Homeschooling

Recebi, na tarde desta quinta-feira (01/07), uma ligação do governador Eduardo Leite informando que vetará o Projeto de Lei do Homeschooling (PL 170/19), aprovado por maioria absoluta na Assembleia Legislativa.

Lamento profundamente essa decisão política e equivocada. O governador alega que a pauta estaria contaminada pelo “bolsonarismo”. Com essa posição, Leite demonstra estar mais preocupado com suas aspirações políticas e em antagonizar com Bolsonaro do que em garantir segurança e acolhimento às famílias educadoras RS afora.

A Educação Domiciliar, além de ser uma pauta fundamental para quem defende a liberdade, é uma modalidade reconhecida em mais de 60 países, a maioria deles com altos níveis educacionais. Além disso, teve sua constitucionalidade reconhecida pelo STF, o que nos permitiu ter o projeto aprovado na Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia.

Trata-se, na prática, de um gesto de desrespeito e insensibilidade com pais e mães que dedicam suas vidas à educação dos seus filhos. Eduardo Leite não se dispôs a ouvir os argumentos de famílias educadoras ou especialistas na área favoráveis ao tema. Optou pelo caminho do confronto e da sinalização ideológica, aliando-se aos grupos de esquerda que se opõem a toda e qualquer inovação na educação.

Já comuniquei colegas deputados da decisão do governador e avisei que, desde já, trabalharei de forma incansável pela derrubada do veto e pela promulgação da Lei do Homeschooling no RS.

Fábio Ostermann
Deputado Estadual (NOVO)

Ostermann

1 thought on “Ostermann lamenta veto de Leite ao projeto da Lei de Homeschooling

  1. Que tristeza! Politicagem nao tem lado! Uma proposta necessaria para impedir que pais que ensinam seus filhos nao sejam processados! De ruim ha nisso?

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.