Rosa Weber autoriza abertura de inquérito para investigar Bolsonaro

Nesta sexta-feira (02), a ministra Rosa Weber, do STF, autorizou a abertura de um inquérito para apurar a conduta do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no caso da Covaxin.

A investigação, pedida mais cedo pela PGR, verificará se Bolsonaro cometeu prevaricação e não tomou as medidas cabíveis diante da denúncia de supostas irregularidades no processo de aquisição dessas vacinas.

A partir da autorização, a PF terá, de início, 90 dias para tomar as providências pedidas pela PGR, como a solicitação de informações aos órgãos cabíveis e à CPI, a produção de provas, inclusive através de testemunhas, e a oitiva dos supostos autores.‌

Com informações do G1.

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.