VACINAS VENCIDAS NÃO FORAM APLICADAS EM PELOTAS

A Secretaria Municipal de Saúde esclarece que durante o processo de vacinação contra o coronavírus em Pelotas, iniciado em 19 de janeiro deste ano, não foram aplicadas vacinas fora do prazo de validade. A Vigilância Epidemiológica faz um rígido acompanhamento das datas dos lotes que são enviados pelo Ministério da Saúde ao Estado e, posteriormente, ao município, com o objetivo de evitar esse tipo de situação.

A SMS informou que o lote 4120Z005 com vacinas da Astrazeneca, e vencimento em 14 de abril, que consta nos registros do governo federal, chegou à cidade no final de janeiro, sendo totalmente utilizado durante o mês de fevereiro, antes do prazo final estipulado pelo fabricante. 

“Foram lotes que vieram com um prazo muito curto. Alguns municípios não devem ter percebido e acabaram usando depois do vencimento. Em Pelotas nós tivemos esse cuidado e usamos dentro do prazo de validade”, explicou a secretária de Saúde, Roberta Paganini.

Sendo assim, nenhuma dose de imunizante vencido foi utilizada em Pelotas, assim como o município também não consta na lista divulgada em denúncia feita por um veículo jornalístico.

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.