Roberto Dias foi solto

Depois de mais de cinco horas detido pela Polícia Legislativa do Senado, o ex-diretor de logística do Ministério da Saúde Roberto Dias foi solto no começo da madrugada desta quinta-feira, 8, após pagar fiança de R$ 1,1 mil.

Dias foi preso por ordem do presidente da CPI da Covid, Omar Aziz (PSD-AM), por segundo ele ter mentido à CPI.

Dias disse ter se encontrado por acaso com Luiz Dominguetti, suposto vendedor de vacinas. Áudios, porém, vazados pela imprensa, indicam que o encontro foi marcado.

Roberto Dias

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.