Lula chama Bolsonaro de genocida e diz estar ‘à disposição’ para ser candidato

O ex-presidente Lula deu entrevista ao canal de TV Euronews, divulgada nesta segunda-feira (12).

Lula disse que o governo de Jair Bolsonaro deixou de comprar 70 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 no início da pandemia e não o fez, fato que, aliado ao negacionista do presidente, impulsionou o número de mortes no país.

“A única coisa que ele acredita é em vender remédio que não presta para combater o coronavírus. Mais da metade das pessoas que morreram no Brasil é pela irresponsabilidade e pelo comportamento do governo brasileiro”, disse Lula.

“É por isso que eu faço questão de dizer que ele [Bolsonaro] é um genocida pela quantidade de mortes que nós tivemos no Brasil”, afirmou o ex-presidente.

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.