Bolsonaro pode passar por cirurgia para remover parte do intestino

Com inflamação no intestino, o presidente Jair Bolsonaro poderá passar por uma cirurgia de emergência para remover uma pequena parte do órgão.

O cirurgião Antônio Luiz Macedo, que operou Bolsonaro em 2018 após a facada, foi levado às pressas a Brasília para avaliar a situação.

O presidente foi internado na madrugada desta quarta-feira (14) para fazer exames e, de acordo com pessoas próximas, o quadro é de obstrução intestinal.

Veja a nota da Presidência:

Leia a íntegra da nota divulgada:

“Após exames realizados no HFA em Brasília, o Dr. Macedo, médico responsável pelas cirurgias no abdômen do Presidente da República, decorrentes do atentado a faca ocorrido em 2018, constatou uma obstrução intestinal e resolveu levá-lo para São Paulo onde fará exames complementares para definição da necessidade, ou não, de uma cirurgia de emergência.”

Com informações da coluna de Guilherme Amado.

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.