Presidente do STF cancela reunião entre poderes e critica Bolsonaro

“O pressuposto do diálogo entre os Poderes é o respeito mútuo entre as instituições e seus integrantes”, afirmou nesta quinta-feira (5/8) o presidente do Supremo Tribunal Federal, Luiz Fux, ao anunciar o cancelamento da reunião entre os presidentes dos poderes, marcada anteriormente por ele mesmo.

“Diálogo eficiente pressupõe compromisso permanente com as próprias palavras, o que, infelizmente, não temos visto no cenário atual”, disse Fux, em referência aos ataques que vem sendo desferidos contra a Corte pelo presidente Jair Bolsonaro.

A decisão de Fux de responder diretamente a Bolsonaro ocorreu depois que o presidente da República ampliou seus ataques ao STF, ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e ao seu presidente, ministro Luís Roberto Barroso. Ele fez sua manifestação na sessão do STF desta quarta-feira, depois que os ministros voltaram do intervalo regular dos trabalhos.

A manifestação de Fux ocorre depois que o presidente Jair Bolsonaro subiu em vários tons suas falas agressivas contra o Judiciário, o que já vinha ocorrendo há pelo menos três semanas, com ataques ao processo eleitoral e colocando em dúvida a lisura das urnas eletrônica. Na segunda-feira (2/8), o TSE instaurou inquérito contra o presidente e pediu manifestação do STF.

Na quarta-feira (4/8), o ministro Alexandre de Moraes, acolheu o pedido da corte eleitoral e determinou a investigação de Bolsonaro por fake News, incluindo-o como investigado no inquérito sobre o assunto que já está correndo na corte.

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.