Connect with us
https://www.mvpthemes.com/zoxnews/wp-content/uploads/2017/07/zox-leader.png

Pandemia

Confira a lista das mulheres que receberão o auxílio emergencial pelotense

Após seleção e análise dos dados, 1.500 mulheres poderão acessar o benefício

Publicado

on

A Prefeitura divulgou nesta sexta-feira (1º/10), a listagem de mulheres beneficiadas pelo Auxílio Emergencial Pelotense.

Para verificar se a candidata teve o benefício aprovado, ela deve acessar o site do Auxílio e informar o número do CPF ou NIS. A relação de nomes também estará disponível nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) nos bairros.

Previsão é que o repasse dos valores ocorra até a última semana de outubro.

No total, foram em busca do benefício mais de 1.800 mulheres, sendo 756 a partir de novos registros, além de 1.085 que fizeram a atualização dos dados no Cadastro Único. Após a verificação da Lei do benefício e dos critérios de desempate, foram definidas as 1.500 chefes de família habilitadas.

Outros 97 cadastros excedentes ficarão na reserva e credenciados para pleitear o benefício do Bolsa Família, previsto para ser retomado após a última parcela do auxílio emergencial federal.

O que é o Auxílio municipal

A Prefeitura de Pelotas criou, por meio da Lei 6.949/2021, o Auxílio Emergencial Pelotense, que será concedido para até 1.500 mulheres em condição de extrema vulnerabilidade, dentro dos critérios estabelecidos. O valor do benefício foi fixado em R$ 800,00, distribuídos em quatro parcelas mensais de R$ 200,00.

Clique para comentar

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.

Brasil & Mundo

Pela 1ª vez Face e Insta derrubam live em que Bolsonaro associou Aids à vacina da Covid

O vídeo não está mais disponível nem no Facebook nem no Instagram

Publicado

on

Na noite deste domingo (24), o Facebook derrubou a live semanal de Jair Bolsonaro transmitida na última quinta-feira (21). O vídeo não está mais disponível nem no Facebook nem no Instagram.

De acordo com a empresa, o motivo para a exclusão foram as políticas relacionadas à vacina da Covid-19. “Nossas políticas não permitem alegações de que as vacinas de Covid-19 matam ou podem causar danos graves às pessoas”, informa a Folha.

Bolsonaro afirmou durante live em 21 de outubro que “vacinados [contra a Covid] estão desenvolvendo a síndrome da imunodeficiência adquirida [Aids]”. Ele leu uma notícia falsa alertando para o suposto perigo. 

Médicos afirmam que a associação entre a vacina contra o coronavírus e a transmissão do HIV, o vírus da Aids, é falsa e inexistente.

Esta é a primeira vez que a empresa remove uma live semanal de Jair Bolsonaro. 

PUBLICIDADE

Clique aqui para um tour pela Escola Mario Quintana

https://marioquintana.com.br/tourvirtual/

Continue Reading

Brasil & Mundo

51,2% dos brasileiros vacinados com duas doses

Quase 153 milhões de pessoas tomaram a primeira dose, o que representa 71,7% da população

Publicado

on

O Brasil alcançou neste sábado, 23, 109 milhões de pessoas vacinadas com a segunda dose ou a dose única de vacinas contra a Covid, de acordo com o consórcio de veículos de imprensa. 

Receberam duas doses ou a vacina de dose única 109.217.821 pessoas, ou 51,2% da população.

Quase 153 milhões de pessoas tomaram a primeira dose, o que representa 71,7% da população.

Continue Reading

Brasil & Mundo

Vacina da covid não causa Aids, como disse “o outro”

Publicado

on

Continue Reading

Em alta