Connect with us

Especial

Estado alerta Pelotas para crescimento da covid

Publicado

on

O governo do Estado divulgou, após reunião do Gabinete de Crise nesta quarta-feira (20/10), a emissão de um Aviso para a região Covid de Pelotas.

As outras 20 regiões não receberam Avisos ou Alertas, incluindo Capão da Canoa, que havia recebido aviso por três semanas consecutivas e não recebeu nenhuma notificação nesta quarta (20).

• Acesse dados e históricos das regiões Covid.

O Aviso é o primeiro passo do Sistema 3As de Monitoramento, com o qual o governo do Estado gerencia a pandemia no Rio Grande do Sul.

Conforme os técnicos do GT Saúde, Pelotas apresentou piora em alguns indicadores em relação à semana anterior, por isso recebeu a notificação para que possa controlar a propagação do vírus na região.

Entre os dados, a região Covid de Pelotas (R21) apresentou incidência de novos casos de 112,5 casos confirmados por 100 mil habitantes na última semana, representando aumento de 20% frente à semana anterior. Essa incidência representa a segunda maior do Estado entre as 21 regiões Covid na última semana, sendo 67,1% superior à média estadual.

Ao longo da última semana, Pelotas também apresentou aumento de 24,1% de internações em leitos clínicos, entre suspeitos e confirmados. Se considerado um período mais longo, do dia 25 de setembro ao dia 17 de outubro, o número de internados confirmados e suspeitos em leitos clínicos na região passou de 25 para 70 – elevação de 180%. Contudo, a região teve redução de 25,8% nas hospitalizações por Covid em UTI. Se considerado um prazo mais longo, desde o dia 5 de outubro, o número de internados confirmados com Covid-19 em leitos intensivos quase dobrou, chegando a 13 pacientes.

PUBLICIDADE

Publicidade

Clique aqui para um tour pela Escola Mario Quintana

https://marioquintana.com.br/tourvirtual/

Com o percentual de 52,1%, a região de Pelotas ainda apresenta a quarta menor proporção da população com esquema vacinal completo no Estado entre as 21 regiões Covid.

Além disso, o Gabinete de Crise debateu alguns pedidos e demandas setoriais em relação a protocolos vigentes. Entre os quais, o pedido da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para que libere a presença de torcedores de equipes visitantes nos jogos organizados pela entidade no Rio Grande do Sul.

Conforme o Gabinete de Crise, já estão definidas as regras gerais obrigatórias para competições esportivas e não cabe ao Estado regrar as questões internas dos clubes, desde que cumpram os protocolos em vigor a partir de segunda (18/10), se podem aceitar ou não público visitante.

Em jogos com mais de 2,5 mil pessoas, é obrigatória a apresentação do comprovante de vacinação, público exclusivamente sentado e ocupação somente de espaços com cadeiras, com máximo de 30% do espaço, garantia de distanciamento mínimo de 1 metro em todas as direções entre grupos de até três pessoas, entre outras.

Publicidade
Clique para comentar

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor.

Brasil & Mundo

Aos 72 anos, morre a atriz Mila Moreira

Mila começou a trabalhar como modelo nos anos 60

Publicado

on

Morreu hoje (6), no Rio de Janeiro, a atriz Marilda Moreira da Silva, conhecida por Mila Moreira. Ela tinha 72 anos e estava internada no Hospital Copa Star, em Copacabana. A causa da morte não foi divulgada.

Mila começou a trabalhar como modelo nos anos 60. Nos anos 70, foi jurada do programa do Chacrinha.

Ela foi uma das primeiras modelos a migrarem do mundo da moda para as novelas de televisão. Em 1979, trabalhou na sua primeira novela: Marrom Glacê, de Cassiano Gabus Mendes, na Rede Globo.

Participou de mais de 30 novelas e minisséries para a televisão. No cinema, trabalhou em seis produções.

Mila Moreira foi casada com o designer Hans Donner e com os atores Luis Gustavo, Gracindo Junior e Eduardo Conde.

Publicidade
Continue Reading

Brasil & Mundo

Projeto cria cadastro nacional com foto de pedófilos

Os dados serão levantados pelo Conselho Nacional de Justiça

Publicado

on

Um cadastro nacional vai reunir pessoas condenadas por crimes relacionados à pedofilia. A Comissão de Segurança Pública da Câmara dos Deputados aprovou nesta segunda-feira (6) o projeto de lei que cria esse cadastro. 

Os dados serão levantados pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Além das informações, a ficha contará com foto do condenado.

Entre os crimes estão estupro de vulnerável; corrupção de menores; exploração sexual de criança, adolescente ou vulnerável; e delitos praticados por meios digitais, como produzir, armazenar, divulgar ou expor vídeo de sexo envolvendo criança ou adolescente.

A matéria é de autoria do deputado Nivaldo Albuquerque (PTB-AL) e será analisada pelas comissões de Seguridade Social e Família e de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ). Como tem caráter conclusivo, uma vez aprovada, não vai a plenário.

Continue Reading

Especial

Hospital Escola recebe R$ 1,2 milhão e vai adquirir mamógrafo

Publicado

on

O Hospital Escola da Universidade Federal de Pelotas (HE UFPel) foi contemplado com uma parcela extra do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf) no valor de R$ 1.265.155,50.

Deste total, o valor de R$ 910.155,50 será destinado à aquisição de um novo mamógrafo para a instituição e R$ 355.000,00 serão destinados à continuidade da implementação da Gestão de Acesso do HE.

Esse recurso provém da redistribuição de valores não executados na rede, para hospitais que estão com processos licitatórios concluídos e com capacidade administrativa de executar o recurso. Essa aquisição é fruto do planejamento e eficiência administrativa do Hospital Escola da UFPel.

“O mamógrafo que será adquirido é um equipamento de ponta que traz mais qualidade ao exame de mamografia ofertado e aumento significativo na capacidade operacional, a fim de atender uma importante demanda da nossa população. Vamos contribuir fortemente na eliminação da lista de espera pelos exames de mamografia, essenciais para prevenção e tratamento do câncer de mama”, destacou a superintendente do HE, Samanta Madruga.

Conforme a gerente de atenção à saúde, Carolina Ziebell, atualmente o HE tem contratualizado com a Prefeitura de Pelotas via Sistema Único de Saúde (SUS), 600 mamografias por mês, porém tendo em vista que o aparelho atual está em via de desativação em função das atualizações tecnológicas que tornaram o equipamento defasado e antieconômico, a verba recebida será empenhada para um novo equipamento, inclusive com tecnologia mais avançada.

“Com a chegada deste novo aparelho teremos uma qualificação do exame, pois ele faz uma imagem com maior qualidade e retomaremos os 600 exames ao mês, podendo inclusive aumentar esta produção, se for o interesse do gestor municipal”, explicou Carolina.

Publicidade

O mamógrafo digital irá ser utilizado imediatamente após o recebimento e instalação, não sendo necessária qualquer ação de infraestrutura para o pleno funcionamento. Conforme a gerente administrativa, Daniele Zaffalon, a previsão de entrega é cerca de 120 dias.

Já a Gestão de Acesso é uma demanda antiga do Hospital Escola, que prevê a solução de tecnologia da informação com objetivo de dar segurança à instituição através da identificação no acesso das pessoas ao hospital, utilizando critérios pré-configurados e registrando todos os eventos relativos a esta atividade.

De acordo com o chefe do Setor de Planejamento, Mauro Calderipe, o HE foi o hospital que recebeu mais recursos extras dentro de toda rede, tendo em vista que o planejamento havia sido bem executado, com as licitações concluídas no tempo adequado e a capacidade de empenho dentro do tempo previsto.

Continue Reading



Publicidade
Publicidade

Mais lidas em três dias